Geodiversity geological and geomorphological of the municipality of Paraúna, central-southern Goiás state, Brazil
PDF-en (English)

Como Citar

FERREIRA, B. M.; LIMA, C. V. DE; CANDEIRO, C. R. DOS A. Geodiversity geological and geomorphological of the municipality of Paraúna, central-southern Goiás state, Brazil. Sociedade & Natureza, v. 32, p. 586-600, 21 ago. 2020.

Resumo

The research area of the present study was the municipality of Paraúna, Goiás state, Brazil, in the mesoregion of Southern Goiás, Vale do Rio dos Bois microregion. Paraúna stands out for its great tourist potential, having various tourist attractions such as the geological structure Ponte de Pedra, the mountains Serra do Galés and Serra da Portaria, among others. The State Park of Paraúna, created by the law-decree Nº 5.568 of March 18th, 2002, is also part of this municipality. This study aimed to analyze and discuss the geodiversity based on geology and geomorphology of Paraúna. The term geodiversity consists of a variety of landscapes, geological environments, rocks, soils, fossils, minerals and other surface deposits that support life on Earth. We identified and mapped seven Geodiversity sites in the northern region of Paraúna municipality.

https://doi.org/10.14393/SN-v32-2020-47312
PDF-en (English)

Referências

AB’SABER, A. N. O domínio dos cerrados: introdução ao conhecimento. R. Serv. Brasília, 1983.111:41-55. Brasília, DF

BORBA A.W., SOUZA L.F., MIZUSAKI A.M.P., ALMEIDA, STUMPF P.P. Inventário e avaliação quantitativa de geossítios: exemplo de aplicação ao patrimônio geológico do Município de Caçapava do Sul (RS, Brasil).. Pesq. Geoc., 40(3) : 275-294. 2013. https://doi.org/10.22456/1807-9806.77830

BRILHA, J. B. R. Patrimônio geológico e geoconservação: a conservação da natureza na sua vertente geológica. Lisboa: Editora Palimage, 2005. 190 p.

_________. Inventory and Quantitative Assessment of Geosites and Geodiversity Sites: a review. Geoheritage, v.8, n.2, p.119-134, jun. 2016. https://doi.org/10.1007/s12371-014-0139-3

CASSETI, V. Geomorfologia (Livro digital). 2005.

DIAS-BRITO, D.; MUSACCHIO, E. A. ; CASTRO, J. C. ; MARANHÃO, M. S. A. S. Grupo Bauru: uma unidade continental do Cretácio do Brasil – Concepções baseadas em dados micropaeontológicos, isotóplicos e estratigráficos. Revue Paléobiologie, Genebra, v.20, p. 245-304, 2001.

FERNANDES, L. A.; COIMBRA, A. M. A Bacia Bauru (Cretáceo Superior, Brasil). Anais da Academia Brasileira de Ciências, Rio de Janeiro, v. 68, n. 2, p. 195-205, jul. 1996.

FIGUEIREDO, AJ.A. & OLIVATTI, O. Projeto Alto Guaporé.Goiânia, DNPM/CPRM. v. I, p. 173, 1974.

FERREIRA, B. M. Geodiversidade no Município de Paraúna/Goiás. 2016. Dissertação (Mestrado em Geografia) – Programa de Pós Graduação em Geografia, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2016.

FERREIRA, B. M.; LIMA, C. V. . Aspectos naturais do Parque Estadual de Paraúna em Goiás. In: o IX Simpósio Nacional de Ciência e Meio Ambiente, 2018, Anápolis. Anais do IX Simpósio Nacional de Ciência e Meio Ambiente. Unievangélica, Anápolis, 2018. Disponivel. http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/CIPEEX/article/view/3018 Acesso em 18 de janeiro de 2020.

GRAY, M. Geodiversity: valuing and conserving abiotic nature. Wiley and Sons, Chichester, 2004.

GOIÁS (Governo do Estado de Goiás). Secretaria de Indústria e Comércio. Superintendência de Geologia e Mineração. Geologia do Estado de Goiás e do Distrito Federal. Por MOREIRA, Maria Luiza Osório; et al. Goiânia, GO. 2008.

_________. Decreto 5.568, de 18 de março de 2002. Criação do Parque Estadual de Paraúna. Goiás, Goiânia, 18 mar. 2002.

_________. Geomorfologia do Estado de Goiás e do Distrito Federal. Por Latrubesse, E. M; Carvalho, T. M. Goiânia, GO. 2006.

_________. Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. Parque Estadual de Paraúna. Disponível. https://www.meioambiente.go.gov.br/planos-e-projetos/agenda-2030-ods/118-meio-ambiente/unidades-de-conserva%C3%A7%C3%A3o/1105-parque-estadual-de-parauna-pepa.html. Acesso em 10 de janeiro de 2019.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo de 2010. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios. Rio de Janeiro: IBGE; 2011. Disponível. https://biblioteca.ibge.gov.br/index.php/biblioteca-catalogo?view=detalhes&id=249230 Acesso em 15 de janeiro de 2019.

LACERDA, H.; SANTOS V. C.; GOMES V. F. Mapa geomorfológico preliminar da região da Serra das Galés e Serra da Portaria, Paraúna (GO). In: VI Seminário de Pesquisa de Professores e VII Jornada de Iniciação Científica da Unidade de Ciências Socioeconômicas e Humanas de Anápolis UnUCSEH/Universidade Estadual de Goiás. 2011. Anápolis, ANAIS. Anápolis: UEG, 2013. 1 CD-ROM

LETENSKI, R.; GUIMARÃES, G.B.; PIEKARZ, G.F.; MELO, M.S. Geoturismo no Parque Estadual de Vila Velha: nas trilhas da dissolução. Pesquisas em Turismo e Paisagens Cársticas: Campinas, SBE, v. 2, n.1, p.5-15. 2009

MELO, M. S. de. Formas rochosas do Parque Estadual de Vila Velha. 1. ed. Ponta Grossa: Editora da Universidade Estadual de Ponta Grossa, 2006. v. 1. 145p .

MILANI, E. J.; FACCINI, U. F. ; SCHERER, C. M. S. ; ARAUJO, L. M. ; CUPERTINO, J. A. . Sequences and stratigraphic hierarchy of the Paraná Basin (Ordovician to Cretaceous), Southern Brazil. Boletim do ig-usp, São Paulo, v. 29, p. 125-173, 1998. https://doi.org/10.11606/issn.2316-8986.v29i0p125-173

PARAÚNA. Inventário Turístico do Município de Paraúna – GO. Paraúna-Goiás, 2007a.

_________. Diagnóstico turístico e plano de ação do município de PARAÚNA- GO. Paraúna-Goiás, 2007b.

_________. Guia Turístico de Paraúna. Paraúna-Goiás, 2013.

RADAMBRASIL. Folha SF.21 Campo Grande. Ministério das Minas e Energia – Departamento Nacional da Produção Mineral. Levantamentos de Recursos Naturais. Rio de Janeiro, 1982. v.28.

REYNARD, E. BRILHA, J. Geoheritage: a multidisciplinary and applied research topic. In: Reynard E, Brilha J (eds) Geoheritage: assessment, protection, and management. Elsevier, Amsterdam, 2018. p 433–438. https://doi.org/10.1016/B978-0-12-809531-7.00025-3

RIBEIRO, J. F. e WALTER, B. M. T. As principais fitofisionomias do bioma Cerrado in: SANO, S. M.; DE ALMEIDA, S. P., RIBEIRO, J. F. Cerrado Ecologia e Flora. Brasília: Embrapa Informação Tecnológica, 2008, 406 p.

ROSETTI., L.M.M. ; LIMA, E. F. DE ; WAICHEL, B. L. ;SIMÕES, M.S. ; SCHERER, C. M. ; HOLE, M. J. . Lithostratigraphy and Volcanology of the Serra Geral Group, Paraná-Etendeka Igneous Province in Southern Brazil: Towards a Formal Stratigraphical Framework. JOURNAL OF VOLCANOLOGY AND GEOTHERMAL RESEARCH, v. 355, p. 98-114, 2018. https://doi.org/10.1016/j.jvolgeores.2017.05.008

SCHNEIDER, R.L.; MÜHLMANN, H.; TOMMASI, E.; MEDEIROS, R. A.; DAEMON, R. F.; NOGUEIRA, A. A. Revisão estratigráfica da Bacia do Paraná. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE GEOLOGIA, 28, Porto Alegre, 1974. Anais... Porto Alegre : SBG , 1974. v. 1, p.41-65.

STANLEY, M. Geodiversity. Earth Heritage, v. 14, p. 15-18, 2000.

SUAREZ, J. M. ; RODRIGUES, R. . Grupo Bauru: uma unidade continental do Cretáceo no Brasil - concepções baseadas em dados micropaleontológicos, isotópicos e estratigráficos. Revue de Paléobiologie, Suíça, v. 20, n.1, p. 245-304, 2001.

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Downloads

Não há dados estatísticos.