Distribuição espacial da erosividade das chuvas na bacia do rio Manuel Alves da Natividade, Tocantins
PDF-pt
PDF-en (English)

Palavras-chave

Hidrologia
Interpolação
Perda de solo
Precipitação

Como Citar

SILVA NETO, V. L.; BATISTA, E. D.; LEAL JUNIOR, W. B.; FABRIS, Z. V.; RODRIGUES, P. J. A. W. Distribuição espacial da erosividade das chuvas na bacia do rio Manuel Alves da Natividade, Tocantins. Sociedade & Natureza, v. 32, p. 161-175, 16 mar. 2020.

Resumo

O objetivo deste trabalho foi calcular os valores de erosividade e realizar o mapeamento da erosividade mensal e anual das chuvas na Bacia do Rio Manuel Alves da Natividade, região sudeste do estado do Tocantins, com base no interpolador Krigagem ordinária (KO), a partir da avaliação de desempenho dos modelos esférico, exponencial e gaussiano, a partir de dados de precipitação referente ao período de 1983 a 2013. A geoestatística foi aplicada para o mapeamento da erosividade tanto na escala mensal quanto na anual. A erosividade anual apresentou valores entre 8.332 e 9.253 MJ mm ha-1 h-1 ano-1, com auge em dezembro, quando atingiu valores de até 2.170 MJ mm ha-1 h-1 ano-1 por mês. De maio a setembro, a erosividade apresentou valores inferiores ao crítico, tido como 500 MJ mm ha-1 h-1 ano-1 por mês. Foram identificadas três regiões críticas para ações de planejamento visando a conservação do solo e da água: noroeste, norte e central da bacia do rio Manuel Alves da Natividade.

https://doi.org/10.14393/SN-v32-2020-46182
PDF-pt
PDF-en (English)

Referências

AMANAMBU, A. C.; LI, L.; EGBINOLA, C. N.; OBAREIN, O. A.; MUPENZI, C.; CHEN, D. Spatio-temporal variation in rainfall-runoff erosivity due to climate change in the Lower Niger Basin, West Africa. Catena, v. 172, p. 324-334, 2019. https://doi.org/10.1016/j.catena.2018.09.003

ANA. Agência Nacional das Águas. Hidroweb. Sistema de informações hidrológicas. Disponível em: <http://hidroweb.ana.gov.br>. Acesso em: 10 de maio de 2017.

BERTONI, J.; LOMBARDI NETO, F. Conservação do solo. São Paulo: Ícone, 1999.

CAMBARDELLA, C.; MOORMAN, T.; PARKIN, T.; KARLEN, D.; NOVAK, J.; TURCO, R.; KONOPKA, A. Field-scale variability of soil properties in central Iowa soils. Soil science society of America journal, v. 58, n. 5, p. 1501-1511, 1994. https://doi.org/10.2136/sssaj1994.03615995005800050033x

CARVALHO, N. D. O. Hidrossedimentologia prática. Rio de Janeiro: Interciência, 2008.

CASSOL, E. A.; ELTZ, F. L. F.; MARTINS, D.; LEMOS, A. D.; LIMA, V. D.; BUENO, A. C. Erosividade, padrões hidrológicos, período de retorno e probabilidade de ocorrência das chuvas em São Borja, RS. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 32, n. 3, p. 1239-1251, 2008. https://doi.org/10.1590/S0100-06832008000300032

FOSTER, G.; MCCOOL, D.; RENARD, K.; MOLDENHAUER, W. Conversion of the universal soil loss equation to SI metric units. Journal of Soil and Water Conservation, v. 36, n. 6, p. 355-359, 1981.

HAAS, J.; SCHACK-KIRCHNER, H.; LANG, F. Adjustment of a weather generator to represent actual rain erosivity in the northern Black Forest–Germany. Catena, v. 163, p. 42-53, 2018. https://doi.org/10.1016/j.catena.2017.12.006

HICKMANN, C. et al. Erosividade das chuvas em Uruguaiana, RS, determinada pelo índice EI30, com base no período de 1963 a 1991. Revista brasileira de ciencia do solo. Campinas, v. 32, n. 2 p. 825-831, 2008. https://doi.org/10.1590/S0100-06832008000200036

INPE, Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Catálogo de imagens de satélite. 2016. Disponível em: <http://www3.inpe.br/unidades/cep/atividadescep/educasere/tutorial/blibliografia.pdf>. Acesso em: 16 de agosto de 2017.

LEWIS, C. D. Demand Forecasting and Inventory Control: a computer aided learning approach. Woodhead Publishing Ltd, 1997.

LIEW, M. W.; VEITH, T. L.; BOSCH, D. D.; ARNOLD, J. G. Suitability of SWAT for the conservation effects assessment project: Comparison on USDA agricultural research service watersheds. Journal of Hydrologic Engineering, v. 12, n. 2, p. 173-189, 2007. https://doi.org/10.1061/(ASCE)1084-0699(2007)12:2(173)

LOMBARDI NETO, F.; MOLDENHAUER, W. Erosividade da chuva: sua distribuição e relação com perdas de solo em Campinas, SP. Bragantia, v. 51, n. 2, p. 189-196, 1992. https://doi.org/10.1590/S0006-87051992000200009

MELLO, C. R.; SÁ, M. A. C.; CURI, N.; MELLO, J. M.; VIOLA, M. R.; DA SILVA, A. M. Erosividade mensal e anual da chuva no Estado de Minas Gerais. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 42, n. 4, p. 537-545, 2007. https://doi.org/10.1590/S0100-204X2007000400012

MORAIS, L.; SILVA, V. D.; NASCHENVENG, T. D. C.; HARDOIN, P.; ALMEIDA, J. D.; WEBER, O. D. S.; BOEL, E.; DURIGON, V. Índice EI30 e sua relação com o coeficiente de chuva do sudoeste do Mato Grosso. Revista brasileira de ciência do solo, v. 15, n. 3, p. 339-344, 1991.

OLIVEIRA, J. P. B.; CECÍLIO, R. A.; PRUSKI, F. F.; ZANETTI, S. S. Espacialização da erosividade das chuvas no Brasil a partir de séries sintéticas de precipitação. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, v. 10, n. 4, 2015. https://doi.org/10.5039/agraria.v10i4a4998

SANTANA, N. M. P.; CASTRO, S. S. D.; STONE, L. F.; DA SILVA, S. C. Chuvas, erosividade, erodibilidade, uso do solo e suas relações com focos erosivos lineares na alta bacia do rio Araguaia. Sociedade & Natureza, v. 19, n. 2, p. 103-121, 2007. https://doi.org/10.1590/S1982-45132007000200007

REBOITA, M. S.; GAN, M. A.; ROCHA, R. P. D.; AMBRIZZI, T. Regimes de precipitacao na America do sul: uma revisão bibliográfica. Revista Brasileira de Meteorologia, v. 25, n. 2, p. 185-204, 2010. https://doi.org/10.1590/S0102-77862010000200004

SEPLAN. Secretária de Planejamento. Atlas do Tocantins: Subsídios ao Planejamento da Gestão Territorial. Superintendência de Planejamento e Gestão central de Políticas Públicas. Diretoria de Zoneamento Ecológico-Econômico - DZE. BORGES, R.S.T.; DIAS, R.R.; SOUSA, P.A.B. (orgs). 6. ed. Palmas: Seplan, p.80, 2012.

SILVA, A. M. D. Rainfall erosivity map for Brazil. Catena, v. 57, n. 3, p. 251-259, 2004. https://doi.org/10.1016/j.catena.2003.11.006.

SILVA, M. D.; SILVA, M. L. N.; CURI, N.; SANTOS, G. R. D.; MARQUES JJGSM, M. M.; LEITE, F. Avaliação e espacialização da erosividade da chuva no Vale do Rio Doce, Região Centro-Leste do Estado de Minas Gerais. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v. 34, n. 4, p. 1029-1039, 2010. https://doi.org/10.1590/S0100-06832010000400003

SILVA, M. L. N.; DE FREITAS, P. L.; BLANCANEAUX, P.; CURI, N. Índices de erosividade das chuvas da região de Goiânia, GO. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 32, n. 10, p. 977-985, 1997.

SILVA NETO, V. L. Avaliação da erosividade das chuvas na microrregião de Taguatinga-TO. Desafios Rev. Interdisciplinar da Universidade Federal do Tocantins, v. 2, n. 1, p. 14, 2015. https://doi.org/10.20873/uft.2359-3652.2015v2n1p149

______ . Chuvas Intensas no estado do Tocantins. 2016. Dissertação. (Mestrado em Ciências Florestais e Ambientais). Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais e Ambientais, Universidade Federal do Tocantins - UFT, Gurupi, TO, 2016.

SILVA NETO, V. L.; SILVA, T. B.; SILVA, J. J. D. C. O potencial erosivo das chuvas na Bacia do Rio Manuel Alves. In: 7ª Jornada de Iniciação Cientiífica e Extensão. Dianópolis: Instituto Federal do Tocantins, v. 7, p. 1-8, 2016.

SOUZA, F. H. M. D.VIOLA, M. R.AVANZI, J. C.GIONGO, M.VIEIRA FILHO, M. Thornthwaite’s Climate Regionalization for the State of Tocantins, Brazil. Floresta, v. 49, n. 4, p. 783-792, 2019. https://doi.org/10.5380/rf.v49i4.59188

VIOLA, M. R.; AVANZI, J. C.; MELLO, C. R. D.; LIMA, S. D. O.; ALVES, M. V. G. Distribuição e potencial erosivo das chuvas no Estado do Tocantins. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 49, p. 125-135, 2014. https://doi.org/10.1590/S0100-204X2014000200007

VRIELING, A.; STERK, G.; DE JONG, S. M. Satellite-based estimation of rainfall erosivity for Africa. Journal of hydrology, v. 395, n. 3-4, p. 235-241, 2010. https://doi.org/10.1016/j.jhydrol.2010.10.035

WISCHMEIER, W. H.; SMITH, D. D. Rainfall energy and its relationship to soil loss. Eos, Transactions American Geophysical Union, v. 39, n. 2, p. 285-291, 1958. https://doi.org/10.1029/TR039i002p00285

WISCHMEIER, W. H.; SMITH, D. D. Predicting rainfall erosion losses: a guide to conservation planning. Washington: USDA, 1978.

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Downloads

Não há dados estatísticos.