EFICIÊNCIA PRODUTIVA E ENERGÉTICA DE SISTEMAS AGROALIMENTARES FAMILIARES: UM ESTUDO DE CASO NO OESTE DE SANTA CATARINA, BRASIL
PDF

Palavras-chave

Agricultura familiar
produção de alimentos
produtividade
bioenergia.

Como Citar

NEVES, A. P.; RIOS-OSORIO, L. A.; FUNES-MONZOTE, F. EFICIÊNCIA PRODUTIVA E ENERGÉTICA DE SISTEMAS AGROALIMENTARES FAMILIARES: UM ESTUDO DE CASO NO OESTE DE SANTA CATARINA, BRASIL. Sociedade & Natureza, v. 30, n. 3, p. 233-256, 20 dez. 2018.

Resumo

Este estudo avaliou o comportamento da eficiência produtiva e energética de sistemas agroalimentares familiares em processo de transição agroecológica, no Estado de Santa Catarina - Brasil, com dados produtivos referentes a 2013. O índice de eficiência produtiva foi calculado através do somatório dos indicadores de diversidade de produção, rendimento produtivo, quantidade de pessoas que o sistema alimenta em energia e proteína. O índice de eficiência energética foi calculado através do somatório dos indicadores de balanço energético, custo energético para produção da proteína e da força de trabalho humano. Os índices de eficiência mostram heterogeneidade entre os sistemas, sendo que dos sete sistemas dois demonstram baixo desempenho em ambas eficiências, produtiva e energética, três demonstram de média a alta eficiência produtiva porém baixa energética. Um sistema demonstra baixa eficiência produtiva, porém alta energética e, em apenas um sistema é observada alta eficiência produtiva e energética. Em conclusão, os sistemas estudados demonstram estar em processo de transição agroecológica, porém necessitam tornarem-se funcionalmente mais eficientes para que avancem e por consequência sejam mais sustentáveis tanto produtiva quanto energeticamente.
https://doi.org/10.14393/SN-v30n3-2018-12
PDF
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Downloads

Não há dados estatísticos.