Uso de índice de vegetação para caracterizar a mudança no uso do solo em Coari-AM
PDF

Palavras-chave

Sensoriamento remoto
Cobertura vegetal
Desmatamento
Urbanização

Como Citar

GUILHERME, A. P.; MOTA, A. B. DOS S.; MOTA, D. DOS S.; MACHADO, N. G.; BIUDES, M. S. Uso de índice de vegetação para caracterizar a mudança no uso do solo em Coari-AM . Sociedade & Natureza, v. 28, n. 2, 9 nov. 2016.

Resumo

O município de Coari apresentou transformação significativa no uso e ocupação do solo nas últimas décadas, parte causada provavelmente pela atividade de prospecção e exploração de óleo e gás natural, e parte devido ao aumento populacional do município. Os índices de vegetação possibilitam a caracterização e quantificação de parâmetros biofísicos da superfície, pois reduzem a dimensão das informações multiespectrais fornecidas pelos satélites. Sendo assim, o objetivo deste trabalho foi estudar a mudança do uso e ocupação do solo no município de Coari-AM por meio do índice de vegetação da diferença normalizada (NDVI) calculado a partir de imagens Landsat 5 TM em 1986 e 2009. Foram utilizadas duas imagens obtidas pelo satélite TM/Landsat 5, compostas de sete bandas espectrais e disponibilizadas no site do Instituto de Pesquisas Espaciais - INPE. A classificação quanto ao uso e ocupação do solo foi realizada a partir do NDVI obtido da imagem Landsat 5 TM e definidas quatro classes: área urbana ou solo exposto, floresta densa, clareiras e água. Os resultados obtidos possibilitaram visualizar as mudanças no uso e ocupação do solo da região de Coari. Houve um aumento de solo exposto/área urbana e diminuição da área de floresta densa, demostrando o avanço da atividade antrópica sobre a região nas duas últimas décadas.

PDF

Direitos Autorais para artigos publicados nesta revista são do autor, com direitos de primeira publicação para a revista. Em virtude de aparecerem em revista de acesso público, os artigos são de uso gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.