Educação ambiental e o ecoturismo na Serra da Bodoquena em Mato Grosso do Sul / Environmental education and the ecotourism in the Serra da Bodoquena in Mato Grosso do Sul
PDF

Palavras-chave

Meio Ambiente
Trabalho de campo
Atrativos turísticos

Como Citar

KLEIN, F. M.; ESCANDOLHERO, J. P. DE O.; LUCCHESE, N. R.; MERCANTE, M. A.; FÁVERO, S.; RODRIGUES, S. C. Educação ambiental e o ecoturismo na Serra da Bodoquena em Mato Grosso do Sul / Environmental education and the ecotourism in the Serra da Bodoquena in Mato Grosso do Sul. Sociedade & Natureza, v. 23, n. 2, 13 out. 2011.

Resumo

O estudo da interrelação da prática do ecoturismo com a educação ambiental na região da Serra da Bodoquena, em Mato Grosso do Sul, especificamente os municípios de Bonito e Jardim, constituem o objeto deste artigo. A relevância do estudo justifica-se pelo fato da Serra da Bodoquena encontrar-se na Bacia Hidrográfica do Rio Miranda, ocupando uma posição estratégica para a conexão dos biomas Mata Atlântica, Cerrado e Pantanal. O trabalho de campo realizado demonstrou que a diversificação dos locais pode ser interpretada mediante observação e experimentação, por especialistas de diferentes áreas do conhecimento, sendo um campo vasto para o desenvolvimento de inúmeras pesquisas. Assim, com o levantamento in loco das principais características ambientais dos atrativos turísticos: Buraco das Araras, Gruta do Lago Azul, Baía Bonita e Rio Formoso, procedeu-se a análise da prática do ecoturismo e sua vertente educacional. Verificou-se, a necessidade de intensificação de ações educacionais, principalmente, aos guias de turismo, tendo em vista serem os principais indutores e difusores de informações relativas ao meio ambiente, bem como a realização de estudos dos percursos ofertados nos atrativos, com respectiva avaliação do potencial educativo e mapeamento da caracterização e adequação para diferentes públicos de visitantes.
PDF

Direitos Autorais para artigos publicados nesta revista são do autor, com direitos de primeira publicação para a revista. Em virtude de aparecerem em revista de acesso público, os artigos são de uso gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais.

Downloads

Não há dados estatísticos.