Submissões
O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita (conteúdo nunca publicado em Revistas/Anais de eventos, etc.), e não está sendo avaliada para publicação por outra revista.
  • Os autores declaram que o texto utiliza apropriadamente as regras de citação, evitando o que pode ser considerado plágio acadêmico. Além disso, os autores têm ciência de que plágio se configura crime contra a propriedade intelectual (Lei 10.695, de 01 de Julho de 2003).
  • Todos os autores do texto estão inclusos nos metadados da submissão, com as respectivas informações de atuação profissional e formação acadêmica (a informação completa é essencial para a avaliação), inclusive o código ORCID.
  • O nome do autor foi removido em "Propriedades do documento", opção do menu "Arquivo" do MS Word.
  • Os arquivos para submissão estão em formato Microsoft Word.
  • Todos os hyperlinks no texto (ex.: https://www.gov.br/capes/pt-br) estão ativos.
  • O texto segue os requisitos de formatação da revista segundo as Instrução aos autores, encontradas na seção \"Sobre\" a revista e na seção Documentos> Orientações para elaboração do artigo
  • As figuras estão inseridas no texto com a resolução mínima de 300 dpi e em formato JPG.
  • Os autores concordam com a política de Acesso Aberto da revista.
  • Todos(as) os(as) autores(as) estão cientes e concordam com as condições de submissão e Diretrizes aos Autores da Revista.

Diretrizes para Autores

NORMAS DE SUBMISSÃO (atualizadas em Dezembro/2020)

No intuito de contribuir para a melhoria da redação dos artigos, nós recomendamos a leitura prévia das orientações para autores e tradutores da European Association of Science Editors, disponíveis aqui.

1 - Serão aceitos para publicação na Revista Sociedade & Natureza artigos inéditos, resultados de pesquisa de natureza empírica, experimental ou conceitual, resultantes de mestrado, de doutorado ou de densidade similar sobre tema próprio à Ciência Geográfica (com no mínimo 4000 e no máximo 6000 palavras, nelas incluindo títulos, resumos e referências).

2 - A equipe editorial da revista julgará a pertinência da publicação de artigos oriundos de áreas afins (que necessariamente devem incluir abordagem territorial/espacial). Textos não voltados ao foco do periódico serão excluídos da lista de avaliação.

3 - O artigo deverá ser submetido através do site da revista. Caso os autores encontrem dificuldades durante o processo de submissão, eles devem consultar o tutorial do sistema aqui.

4 - Serão aceitas submissões nos seguintes idiomas: português, espanhol e inglês. As submissões em português e espanhol, após a avaliação e emissão do aceite final pela Revista, deverão ser obrigatoriamente traduzidas para o inglês para que sejam publicadas também nessa língua. O artigo só será publicado após a apresentação do texto em inglês, dentro dos padrões de qualidade da Revista (ver mais informações em Normas para apresentação dos artigos em inglês). Submissões originalmente em inglês não necessitam de traduções, mas elas devem vir acompanhadas de certificado de tradução do texto, conforme as "Normas para apresentação dos artigos em inglês". Baixa qualidade na redação do texto em inglês implicará na sua imediata rejeição.

5 - Os autores devem prestar atenção ao preenchimento correto e completo dos metadados da submissão. Todos os autores devem ser cadastrados, separadamente, no formulário eletrônico de submissão (código ORCID, área de formação, titulação e instituição de atuação profissional). A ausência de tais informações implicará na exclusão direta da submissão. Em nenhuma hipótese serão acrescentados ou retirados autores após a submissão ter sido aceita.

6 - Durante a submissão, os autores obrigatoriamente deverão fazer o upload dos seguintes documentos:

   6.1. Carta ao editor (modelo disponível aqui): os autores deverão apresentar todos os dados solicitados no modelo, entre eles: o Título do artigo, o(s) nome(s) do(s) autor(es), o número ORCiD (obrigatório para todos os autores), sua(s) afiliação(ões) e email(s). Também neste documento, deverão estar os Agradecimentos (quando houver), as fontes de financiamento (quando houver) e a Contribuição dos Autores (de acordo com os papeis de autoria do CRediT). Em seguida, os autores deverão apresentar uma breve síntese do artigo, que justifique porque ele deve ser publicado na Sociedade & Natureza. Os autores também deverão atestar que se trata de uma submissão original, que não está submetida em nenhum outro periódico. Caso se trate de pesquisa que envolva seres humanos, os autores também deverão apresentar a aprovação por parte de Comitê de Ética em Pesquisa da Instituição. As demais autorizações que se façam necessárias também devem constar neste documento.

   6.2. Texto do artigo: documento em Word com o conteúdo do artigo, seguindo obrigatoriamente todas as normas disponíveis AQUI. O texto não deve conter notas de rodapé, notas finais ou cabeçalho. Como o processo de revisão é Duplo-Cego, neste documento não deverá constar nenhuma informação que possibilite a identificação da autoria. Lembre-se de retirar todas as informações que permitam a identifcação dos autores, inclusive das propriedades do documento. Este arquivo deve ter o tamanho máximo de 12 MB.

 

OBS.: as comunicações entre autores e editores durante o processo editorial deverão ser feitas exclusivamente via sistema da revista, nos campos adequados para tal. Documentos e mensagens enviados diretamente aos emails dos editores não serão considerados para o processo editorial.

 

Normas para apresentação dos artigos em inglês

Após o aceite da submissão, os textos em Português e Espanhol deverão apresentar também a versão completa em Inglês. As traduções devem obrigatoriamente apresentar o padrão de qualidade condizente com as políticas da Sociedade & Natureza e, por isso, os autores deverão anexar no sistema, juntamente com a versão traduzida, documento que comprove que a tradução foi realizada por profissional qualificado para tal fim. No documento devem constar os dados que atestem a qualificação do revisor (por exemplo: nota fiscal com CNPJ da empresa de tradução, registro em conselho de classe, currículo ou diploma do tradutor, etc.).

O texto em inglês será analisado pelos editores. Caso ele não atenda aos padrões de qualidade da Revista, ele será devolvido aos autores para que realizem as adequações necessárias. Se após esta etapa a tradução ainda estiver aquém da qualidade exigida, a submissão será rejeitada. Portanto, sugerimos que os autores sejam bastante criteriosos na apresentação dos textos em inglês.

 

Sugestões:

No documento da European Association of Science Editors (disponível aqui) os autores encontrarão dicas importantes para a tradução dos textos.

- Lembre-se de traduzir também o conteúdo das figuras! Em muitas situações, será necessário refazê-las. Portanto, na versão traduzida não serão aceitas figuras que estejam em português.

 

Etica e Boas práticas científicas

O periódico Sociedade & Natureza desenvolve seu trabalho em conformidade com os princípios éticos do Committee on Publication Ethics (COPE - disponível aqui), do Code of Ethics American Educational Research Association (disponível aqui), o Código de Boas Práticas Científicas – FAPESP (disponível aqui) e do Council of Science Editors (CSE - disponível aqui) em relação a publicação.

Para promoção da integridade das pesquisas, o fortalecimento e a transparência no processo, todo o material publicado está de acordo com o Guia de Boas Práticas para o Fortalecimento da Ética na Publicação Cientifica (disponível aqui) e o Formulário de Conformidade com a Ciência Aberta (disponível aqui).

A revista SOCIEDADE & NATUREZA adota como definição de má-conduta aquela apontada pelo "Office Research Integraty - ORI", que consiste em:

  • Fabricação: inventar dados ou resultados registrando ou relatando-os.

  • Falsificação: manipular materiais, equipamentos ou processos de pesquisa, omitir dados ou resultados, de modo que a pesqusia não seja representada com precisão no registro da pesquisa.

  • Plágio: consiste na apropriação de ideias, processos, resultados ou palavras de outra pessoa sem dar crédito apropriado.

Os artigos encaminhados à avaliação passarão por revisão técnica para a análise de plágio na plataforma Plagius - Plagiarism Detector Software, version 2.3.4. A equipe editorial confere os dados. No caso de plágio, basta um parágrafo sem a devida citação para que o artigo seja devolvido ao autor, indicando o problema. No caso de autoplágio, o máximo permitido é de 10% do texto para artigos ou 50% quando for resultado de dissertação de mestrado ou tese de doutorado. Acima disso, o artigo é devolvido, com a indicação do problema, podendo os autores fazerem as alterações necessárias e submeterem o artigo novamente à Revista.

Casos de plágio reportados à Revista após a publicação dos artigos serão analisados pelo Comitê Editorial e, na hipótese de confirmação da denúncia, o artigo será retirado da Revista imediatamente. Também poderão ser aplicadas penalidades aos autores.

Entende-se que "Má-conduta em pesquisa" não inclui erros honestos ou diferenças de opinião, estando os Autores sujeitos as sanções estabelecidas pelo Conselho Editorial quando detectadas ações pertinentes ao conceito aqui apresentado.

Nos casos de Publicação Duplicata e Redundante, Correção e Retratações, a Revista  Sociedade & Natureza adota a publicação de material original, que não tenha sido publicado anteriormente ou que esteja sendo revisado em outros periódicos, mesmo que em outros idiomas.

Os artigos submetidos a Sociedade & Natureza não podem ser submetidos a nenhuma outra revista enquanto estiver em avaliação em Sociedade & Natureza. Entende-se como publicação duplicata a prática de submeter o mesmo manuscrito em mais de um periódico. Publicação redundante é aquela que implica em divisão inadequada dos resultados do estudo em mais de um artigo, e sendo detectada resulta na rejeição do artigo ou sua retratação, estando os Autores sujeitos as sanções estabelecidas pelo Conselho Editorial.

Em caso de correções e retratações, implicando em erros ou falhas, independente da natureza ou da origem, e que não impliquem em "Má-conduta em publicação", poderão ser corrigidos através de errata. Em caso de manuscritos já publicados em que "Má-conduta em publicação" for identificada, serão alvo de retratação através de exposição do motivos, sendo que neste caso autores e co-autores deverão a concordar com o conteúdo.

Pesquisas relacionadas a seres humanos e animais devem vir acompanhada de cópia de aprovação do comitê de ética.

 

Avaliação pelos Pares (Peer-review)

Quando um novo artigo é encaminhado à Sociedade & Natureza, ele é submetido a uma análise preliminar pelo Comitê Editorial antes de ser enviado para a avaliação externa. Essa análise considera se: 1) o artigo tem correlação com o foco e o escopo da Revista; 2) o artigo segue as recomendações disponíveis nas Diretrizes para Autores e 3) o artigo é inédito. Esse processo pode demorar até 15 dias a partir do momento da submissão.

Após concluída a etapa de análise prévia, os artigos que atendem aos critérios da Revista serão encaminhados para dois ou três avaliadores, que podem ser membros do Conselho Científico da Revista ou consultores ad hoc. Todos os avaliadores são professores/pesquisadores reconhecidos em suas áreas de atuação. Por padrão, a Revista adota o processo de avaliação “Double Blind Peer Review”, ou seja, é garantido o anonimato dos autores e dos avaliadores. Seguindo as práticas da Ciência Aberta, a Revista também possibilita que autores e avaliadores se identifiquem durante a avaliação, mediante solicitação dos mesmos. Para tornarem públicos os seus nomes, os autores deverão indicar esta preferência na Carta ao Editor e os avaliadores deverão assinar seu nome após os comentários de seu parecer.

Cada avaliador tem um prazo de até 30 dias após aceitar a solicitação da Revista para elaborar o seu parecer. Caso um avaliador recuse a solicitação ou não obedeça aos prazos estipulados, um novo avaliador será designado. Portanto, não há prazo estabelecido para o término do processo de avaliação, pois ele está condicionado ao cumprimento dos prazos pelos avaliadores.

Os pareceres serão elaborados considerando os seguintes critérios: originalidade, relevância científica, clareza e qualidade gráfica das ilustrações. Ao final da avaliação, cada avaliador manifestar-se-á, em seu parecer, por meio de uma das seguintes opções: I) Aceitar; II) Correções obrigatórias; III) Submeter a nova rodada de avaliação ou IV) Rejeitar. Os avaliadores têm inteira liberdade para propor alterações, corrigir, suprimir ou acrescentar trechos e seções, apontar descrições ambíguas, redundantes, incoerentes ou uso indevido de terminologias e conceitos etc. Além disso, eles poderão enviar arquivos que complementem os comentários registrados no sistema. Os pareceres têm caráter consultivo, sendo o editor da submissão o responsável pela decisão final sobre o artigo.

Após o envio dos pareceres, os autores serão comunicados da decisão editorial. Caso sejam solicitadas alterações, os autores deverão atentar-se aos prazos estabelecidos para o envio da versão corrigida do artigo. O artigo só será publicado mediante o envio das correções e/ou das justificativas para aquelas sugestões de alteração que não forem acatadas. A decisão editorial não será passível de reconsideração, salvo situações excepcionais a serem analisadas pelos editores.

 

Periodicidade

 A Revista adota o sistema de publicação continuada. Os artigos são publicados tão logo sejam aprovados e editados. Este modelo confere maior celeridade ao processo de editoração, reduzindo o tempo entre a submissão e a publicação online dos textos completos.

 

Conflito de Interesses

O conflito de interesses pode ser de natureza pessoal, comercial, política, acadêmica ou financeira. Conflitos de interesses podem ocorrer quando autores, revisores ou editores possuem interesses que podem influenciar na elaboração ou avaliação de manuscritos. Ao submeter o manuscrito, os autores são responsáveis por declarar conflitos que possam ter influenciado o trabalho. Caso haja conflito de interesse, os autores devem informá-lo em documento  assinado e anexado à plataforma de submissão.

 

Ciência Aberta, Preprints e Depósito de Dados

A Revista Sociedade & Natureza apoia e pratica princípios de Ciência Aberta, dando maior transparência e confiabilidade aos artigos publicados. Neste sentido, os autores são convidados a depositarem previamente os artigos submetidos para avaliação em servidores de preprints confiáveis. Neste caso, os autores deverão entrar em contato com os editores da revista antes da submissão do artigo para maiores informações sobre o processo e assinatura do Formulário de Conformidade (Disponível aqui). 

Além disso, encorajamos os autores, sempre que possível, a depositarem os dados utilizados na elaboração de seus artigos (dados brutos, códigos, métodos, modelos, algoritmos, etc.) em repositórios públicos confiáveis ou disponibilizá-los para publicação como Material Suplementar. Conjuntos de dados depositados em repositórios que atribuem número DOI poderão ser listados na seção de referências. Arquivos disponibilizados como Material Suplementar ficarão disponíveis na página do artigo.

 

 

Responsabilidade

Os artigos publicados são de inteira responsabilidade dos autores, não representando a opinião da revista Sociedade & Natureza.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.