Primeiro contato com o Ensino Médio Integrado: um confronto entre docentes licenciados e docentes bacharéis

Main Article Content

Welisson Marques
Sthéfany Araújo Melo
Otaviano José Pereira

Resumo

A história do Ensino Médio Integrado (EMI) se iniciou em 1909 por meio das antigas Escolas de Aprendizes Artífices e, atualmente, compõe a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (RFEPCT). Este artigo é resultado de uma pesquisa que objetivou investigar, por meio de entrevistas individuais com 16 docentes efetivos do IFTM Campus Uberlândia, quando foi o primeiro contato com essa forma de ensino. A base teórica deste artigo percorreu alguns documentos e marcos legislativos e se apoiou ainda em Ramos (2008) e Frigotto, Ciavatta e Ramos (2012). As entrevistas foram realizadas no mês de novembro de 2018, dentro dos limites físicos do próprio IFTM Campus Uberlândia. A escolha dos 16 docentes entrevistados aconteceu por conveniência e pela análise de seus currículos cadastrados na Plataforma Lattes, a fim de selecionar primeiramente aqueles que apresentassem formação acadêmica apenas em licenciatura ou apenas em bacharelado. Como resultado da pesquisa, identificamos que 15 docentes, dentre os 16 entrevistados, conheceram o EMI apenas durante a preparação para o concurso público na RFEPCT. Outrossim, todos os 16 docentes afirmaram não terem vivenciado nenhum estudo ou discussão acadêmica sobre EMI ou Educação Profissional durante a graduação. Dessa forma, não identificamos distinções entre docentes licenciados e docentes bacharéis quanto ao seu primeiro contato com o EMI e ainda quanto ao conhecimento porventura compartilhado durante a sua formação acadêmica. Tudo isso nos revela ser a expansão e divulgação da Rede Federal insuficiente a fim de difundir dentre a sociedade os reais objetivos de uma formação integrada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Marques, W., Melo, S. A., & Pereira, O. J. (2020). Primeiro contato com o Ensino Médio Integrado: um confronto entre docentes licenciados e docentes bacharéis. Ensino Em Re-Vista, 27(Especial), 1614-1638. https://doi.org/10.14393/ER-v27nEa2020-19
Seção
Artigos

Referências

BAGU, Sérgio. Economia de la sociedad. Ensaio de historia comparada de América Latina. México: Grijalbo, 1992.

BRASIL. Decreto nº 2.208, de 17 de abril de 1997. Revogado pelo Decreto nº 5.154, de 23 de julho de 2004. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/d2208.htm>. Acesso em: 13 maio 2018.

______. Decreto nº 4.048, de 22 de janeiro de 1942. Cria o Serviço Nacional de Aprendizagem dos Industriários (SENAI). Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto-lei/1937-1946/Del4048.htm>. Acesso em: 13 maio 2018.

______. Decreto nº 5.154, de 23 de julho de 2004. Regulamenta o § 2º do art. 36 e os arts. 39 a 41 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, e dá outras providências. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2004/decreto/d5154.htm>. Acesso em: 13 maio 2018.

______. Decreto nº 6.302, de 12 de dezembro de 2007. Institui o Programa Brasil Profissionalizado. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2007/decreto/d6302.htm>. Acesso em: 13 maio 2018.

______. Decreto nº 7.566, de 23 de setembro de 1909. Revogado pelo Decreto de 10 de maio de 1991. Disponível em: < http://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1900-1909/decreto-7566-23-setembro-1909-525411-publicacaooriginal-1-pe.html>. Acesso em: 13 maio 2018.

______. Decreto-Lei nº 4.073, de 30 de janeiro de 1942. Lei orgânica do ensino industrial. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto-lei/1937-1946/Del4073.htm>. Acesso em: 13 maio 2018.

______. Decreto-Lei nº 6.142, de 28 de dezembro de 1943. Disposições transitórias para execução da lei orgânica do ensino comercial. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto-lei/1937-1946/Del6142.htm>. Acesso em: 13 maio 2018.

______. Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990. Dispõe sobre o regime jurídico dos servidores públicos civis da União, das autarquias e das fundações públicas federais. Disponível em: . Acesso em: 26 maio 2018.

______. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/Ccivil_03/leis/L9394.htm>. Acesso em: 28 abr. 2018.

______. Lei nº 11.195, de 18 de novembro de 2005. Dá nova redação ao § 5º do art. 3º da Lei nº 8.948, de 8 de dezembro de 1994. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2005/lei/l11195.htm>. Acesso em: 13 maio 2018.

______. Lei nº 11.892, de 29 de dezembro de 2008. Institui a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, cria os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, e dá outras providências. Disponível em: . Acesso em: 13 maio 2018.

______. Ministério da Educação. Portaria nº 118, de 14 de fevereiro de 2018. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 15 fev. 2018. Seção 1, nº 31, página 9. Disponível em: . Acesso em: 16 maio 2018.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. 39. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2009. (Coleção Leitura)

FRIGOTTO, Gaudêncio; CIAVATTA, Maria; RAMOS, Marise (Orgs.). Ensino médio integrado: concepção e contradições. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2012.

RAMOS, Marise. Concepção de Ensino Médio Integrado. [2008] Disponível em: < http://forumeja.org.br/go/sites/forumeja.org.br.go/files/concepcao_do_ensino_medio_integrado5.pdf>. Acesso em: 20 dez. 2017.

TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. 5. ed. Petrópolis-RJ: Vozes, 2005.