Percepção de pessoas idosas sobre o seu corpo

Main Article Content

Ana Frias
Filomena Teixeira
Emília Magalhães

Resumo

Portugal é um dos países da União Europeia que possui maior percentagem de população com idade igual ou superior a 65 anos – 21,1% em 2017 (SAKELLARIDES, 2019), sendo o índice de envelhecimento de 159,4 pessoas idosas por cada 100 jovens (INE, 2019). Tal realidade comporta, necessariamente, implicações e desafios a que importa atender na edificação de uma sociedade democrática, justa e promotora do fortalecimento das pessoas de todas as idades (LIMA, 2016). O envelhecimento, enquanto processo inerente à vida do ser humano é experienciado de forma diferente pelos indivíduos, em função de múltiplas dimensões, com impacto no corpo e na aparência (BLESSMANN, 2004). Nesse sentido, considerando o paradigma do envelhecimento ativo – enquanto processo de otimização das oportunidades para a saúde, participação e segurança, e de promoção da melhoria da qualidade de vida durante o envelhecimento (OMS, 2005) bem como o do envelhecimento saudável (OMS, 2015) – enquanto processo de desenvolvimento e manutenção da capacidade funcional que permite o bem-estar em idade avançada, marcando a trajetória de saúde de cada indivíduo, considerou-se premente investigar a perceção de pessoas idosas sobre o seu corpo. Relata-se aqui um estudo de natureza exploratória, ainda em curso (enquadrado num estudo comparativo entre Portugal e Polónia), onde se inquiriram 19 pessoas com 60+ anos de idade a frequentar 2 Universidades Seniores do Norte de Portugal, a fim de dar resposta à questão «Como é que pessoas idosas que frequentam a universidade sénior veem o seu corpo?». Os principais resultados evidenciam: i) uma perceção de corpo enquanto ‘realidade biológica’; ii) que os/as participantes cuidam do seu corpo; iii) que as pessoas idosas, atualmente, têm ‘preocupação com a sua aparência’; iv) sendo ‘o enfoque atual na corporalidade um desafio para todos/as e não apenas para as pessoas idosas’.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Frias, A., Teixeira, F., & Magalhães, E. (2020). Percepção de pessoas idosas sobre o seu corpo. Ensino Em Re-Vista, 27(Especial), 1214-1235. https://doi.org/10.14393/ER-v27nEa2020-2
Seção
Artigos

Referências

ABOIM, S. Narrativas do envelhecimento. Ser velho na sociedade contemporânea. Tempo Social, Revista de Sociologia da USP. 26 (1), pp. 207-232. 2014.

ALMEIDA, H. Biologia do Envelhecimento: uma introdução. In C. PAÚL E O. RIBEIRO (Coord.). Manual de Gerontologia: Aspetos biocomportamentais, psicológicos e sociais do envelhecimento. Lisboa: Lidel - Edições técnicas, Lda. 2015.

BERNARDES, A.; PINHEIRO, S. Anatomia do Envelhecimento. In M. VERÍSSIMO (Coord). Geriatria Fundamental: Saber e Praticar. Lisboa: Lidel – Edições Técnicas, Lda. 2014.

BLESSMANN, E. Corporeidade e envelhecimento: o significado do corpo na velhice. Estudos interdisciplinares sobre o envelhecimento, Porto Alegre, v. 6, n. 14, p. 21-39, 2004.

CABRAL, M.; FERREIRA, P.; SILVA, P.; JERÓNIMO, P.; MARQUES, T. Processos de Envelhecimento em Portugal. Lisboa: Fundação Francisco Manuel dos Santos. 2013.

CARVALHO, J.; MOTA, J. O exercício e o envelhecimento. In C. PAÚL E O. RIBEIRO (Coord.). Manual de Gerontologia: Aspetos biocomportamentais, psicológicos e sociais do envelhecimento. Lisboa: Lidel - Edições técnicas, Lda. 2015.

COUTINHO, R. X.; TOMAZETI, R. V.; ACOSTA, M. A. de F. Representação de corpo na velhice: o corpo real versus o corpo social. Revista Kairós Gerontologia,16(4), pp.213-234. 2013. Online ISSN 2176-901X. Print ISSN 1516-2567. São Paulo (SP), Brasil: FACHS/NEPE/PEPGG/PUC-SP.

DGS (2020). Envelhecimento ativo – Conceitos. Disponível em www.DGS.pt
ERMIDA, J. Avaliação geriátrica global. In M. VERÍSSIMO (Coord). Geriatria Fundamental: Saber e Praticar. Lisboa: Lidel – Edições Técnicas, Lda (103-117). 2014.

FERNANDES, M.; GARCIA, L. O corpo envelhecido na percepção de homens idosos. Revista Brasileira de Enfermagem. 64(3), mai-jun, pp.472-477. 2011.

FIN, T.; PORTELLA, M.; SCORTEGAGNA, S. Velhice e beleza corporal das idosas: conversa entre mulheres. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, 20(1), pp.77-87. 2017. Disponível em: https://www.redalyc.org/articulo.oa?id=4038/403850707008.

GOMES, A. A sexualidade das pessoas idosas. In M. VERÍSSIMO (Coord). Geriatria Fundamental: Saber e Praticar. Lisboa: Lidel – Edições Técnicas, Lda (403-411). 2014.

INSTITUTO NACIONAL DE ESTATÍSTICA (INE). Estatísticas Demográficas – 2018. Lisboa: Instituto Nacional de Estatística, IP., 2019. ISSN 0377-2284

KRAMKOWSKA, E. The loookism of a senior citizen’s ageing body – utopia or reality? The perspective of polish elderly women and elderly men. ExAequo. Revista da Associação Portuguesa de Estudos Sobre as Mulheres. Nº40. Edições Afrontamento (105-121). 2019.

LIMA, M. Envelhecimento ativo e com sentido. In H. FIRMINO, M. SIMÕES E J. CEREJEIRA (Coord.). Saúde Mental das Pessoas Mais Velhas. 1ª ed., Lisboa: Lidel – Edições Técnicas, Lda. 2016.

MENEZES, T.; LOPES, R.; AZEVEDO, R. A pessoa idosa e o corpo: uma transformação inevitável. Revista Eletrónica de Enfermagem. 11(3), pp.598-604. 2009.

Ministério da Saúde. Retrato da Saúde, Portugal. 2018. ISBN 978-989-99480-1-3.

OLIVEIRA, C.; PINTO, A. Biologia e Fisiopatologia do Envelhecimento. In M. VERÍSSIMO (Coord). Geriatria Fundamental: Saber e Praticar. Lisboa: Lidel – Edições Técnicas, Lda. 2014.

OMS. Organização Mundial de Saúde. Envelhecimento Ativo: uma política de saúde. Brasília: Organização Pan-Americana da Saúde. 2005.

OMS. Relatório Mundial de Envelhecimento e Saúde. Organização Mundial da Saúde. Genebra, Suíça. 2015.

PEREIRA, D.; PONTE, F.; COSTA, E. Preditores das atitudes negativas face ao envelhecimento e face à sexualidade na terceira idade. Análise Psicológica. 1 (XXXVI), pp. 31-46. 2018.

RIBEIRO, O.; PAÚL, C. Manual de Envelhecimento Ativo. Lisboa: Lidel, Edições Técnicas, Lda. 2016.

SAKELLARIDES, C. Saúde na Europa e em Portugal – Considerações a Propósito do Relatório ‘Health at a Glance: Europe 2018. Acta Médica Portuguesa - Revista Científica da Ordem dos Médicos. Jan, 32(1), pp.7-10. 2019. Disponível em www.actamedicaportuguesa.com.

VILAR, M.; SOUSA, L.; FIRMINO H.; SIMÕES, M. Envelhecimento e Qualidade de Vida. In H. FIRMINO, M. SIMÕES E J. CEREJEIRA (Coord.). Saúde Mental das Pessoas Mais Velhas. 1ª ed., Lisboa: Lidel – Edições Técnicas, Lda. 2016.

VEGA, A.; RAMOS, L.; BARRIOS, M.; QUINTERO, M. Imagen del cuerpo en adultos mayores. Revista Salud Movimiento, 7(1), pp. 4-10. 2015. ISSN 2027-4548