Estado da arte da produção científica dos congressos brasileiros em Etnomatemática

Main Article Content

Milton Rosa
Daniel Clark Orey

Resumo

O principal objetivo desse artigo teórico é identificar por meio da análise dos trabalhos publicados nos anais dos cinco Congressos Brasileiros de Etnomatemática (CBEm), quais as dimensões desse Programa foram utilizadas na condução de investigações nesse campo de pesquisa. Nesse estudo do tipo estado da arte, foram analisados 463 resumos de trabalhos publicados nos anais dessas edições dos CBEm. Uma pluralidade de concepções teóricas, metodológicas e pedagógicas refletiu-se nas seis dimensões do Programa Etnomatemática, que foram utilizadas para o desenvolvimento desse estado da arte. Concluímos que a Etnomatemática assume um compromisso importante nas questões do ensino e aprendizagem em matemática, bem como as dimensões que emergiram nos trabalhos analisados sugerem caminhos promissores para uma inserção da perspectiva desse Programa na Educação Matemática, principalmente, com relação à sua ação pedagógica no currículo matemático por meio de sua dimensão educacional.


 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Rosa, M., & Orey, D. C. (2018). Estado da arte da produção científica dos congressos brasileiros em Etnomatemática . Ensino Em Re-Vista, 25(3), 543-564. https://doi.org/10.14393/ER-v25n3a2018-2
Seção
Dossiê Etnomatemática: motivações, desenvolvimento e ações

Referências

ALANGUI, W. V.; ROSA, M. Role of ethnomathematics in mathematics education. In ROSA, M.; D’AMBROSIO, U., OREY, D. C., SHIRLEY, L., ALANGUI, W. V., PALHARES, P.; GAVARRETE, M. A. (Eds.). Currentand future perspectives of ethnomathematics as a program. Cham, Switzerland: SpringerOpen, 2016. pp. 31-37.

ALVES, G. M. As contribuições da Etnomatemática e da perspectiva sociocultural da história da matemática para a formação da cidadania dos alunos de uma turma do 8.º ano do ensino fundamental por meio do ensino e aprendizagem de conteúdos da educação financeira. Dissertação (Mestrado). Departamento de Matemática. Ouro Preto, MG: UFOP, 2014.

BORBA, M. C. Ethnomathematics and education. For the Learning of Mathematics, v. 10, n. 1, p. 39-43, 1990.

D’AMBROSIO, U. Etnomatemática: arte ou técnica de explicar e conhecer. São Paulo, SP: Editora Ática, 1998.

_____. História, Etnomatemática, educação e modelagem. XI CIAEM – Blumenau, SC: FURB, 2003.

_____. Etnomatemática: elo entre as tradições e a modernidade. Belo Horizonte, MG: Autêntica, 2009.

D'AMBROSIO, U.; ROSA, M.Um diálogo com Ubiratan D'Ambrosio: uma conversa brasileira sobre Etnomatemática. Revista Latinoamericana de Etnomatemática, v. 1, n. 2, p. 88-110, 2008.

FANTINATO, M. C. Balanço da produção acadêmica dos congressos brasileiros de Etnomatemática. Unión –Revista Iberoamericana de Educación Matemática, n. 33, p. 147-161, 2013.

FERREIRA, N. S. A. As pesquisas denominadas ‘Estado da Arte’. Revista Educação & Sociedade, v. 23, n. 79, p. 257-272, 2002.

MOREY, B. B.Anais do II Congresso Brasileiro de Etnomatemática–CBEm2. Natal, RN: UFRN, 2004.

NOGUEIRA MARTINS, F.; FARIAS GONÇALVES, P. G.Pesquisas em Etnomatemáticae suas contribuiçõespara o contexto escolar: um olhar para os anais dos CBEm. Revista Latinoamericana de Etnomatemática, v. 8, n. 1, p. 108-123, 2015.

ROSA,M.A mixed-methods study to understand the perceptions of high school leaders about English Language Learners (ELL) students: the case of mathematics. Tese de Doutorado. College of Education. Sacramento, CA: California State University, Sacramento –CSUS, 2010.

ROSA, M.; OREY, D. C. Abordagens atuais do Programa Etnomatemática: delineando-se um caminho para a ação pedagógica. BOLEMA, v. 19, n. 26, p. 19 –48, 2006.

_____. Evidence of creative insubordination in the research of pedagogical action of ethnomathematics program. In D’AMBROSIO, B. S.; LOPES, C. E (Orgs.). Creative insubordination in Brazilian mathematics education research. Raleigh: Lulu Press, 2015. pp. 131-146.

VERGANI, T. Educação Etnomatemática: o que é. Natal, RN: Flecha do Tempo, 2007.