Entrevista a Orly Zucatto Mantovani de Assis

Main Article Content

Érica de Cassia Gonçalves

Resumo

Orly Zucatto Mantovani de Assis é pedagoga e iniciou sua carreira como professora do ensino fundamental no município de Amparo-SP. Durante esse período, interessou-se em compreender o que ocorria com os alunos quando estes demonstravam não reter aquilo que lhesera transmitido, no que se refere à matemática elementar.Passou então a se dedicar ao estudo e aprofundamento sobre o desenvolvimento e a aprendizagem,numa perspectiva piagetiana, tendo concluído seu doutoramento em 1976, pela UNICAMP. Sua investigação provou que um processo, denominado pela pesquisadora de Processo de Solicitação do Meio e caracterizado por mudanças no ambiente físicoda sala, naestrutura diária das atividades, na conduta do professor, na maneira como as relações interpessoais se processam e no tipo de atividade e material oferecido ao aluno, favorece o desenvolvimento da criança em seus aspectos cognitivo, afetivo, social e psicomotor. Esse processo denominadode PROEPRE-Programa de Educação Pré-Escolar-inicialmente, e depoisPrograma de EducaçãoInfantil e Ensino Fundamental, embasado na teoria piagetianafoiimplantadoem mais de vinte Secretarias Estaduais de Educação e Secretarias de Educação Municipais de inúmeras cidades do Distrito Federal, São Paulo, Minas Gerais, Pará, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Piauí. De1992em diante,oscursos para formação de professores do PROEPRE passaram a ser oferecidosanualmentepela Escola de Extensão da UNICAMP, com mais de 140 turmas até a atualidade. Desde 1983, a professora Orly coordena o Laboratório de Psicologia Genética da Faculdade de Educação da UNICAMP e grupo de pesquisa do CNPq,tendo orientado mais de 130 trabalhos entre teses, dissertações, trabalhos de conclusão de curso e de iniciaçãocientífica. Foi em 1994, por ocasião do III Simpósio Internacional de Epistemologia Genética, realizado em Águas de Lindóia-SP e organizado pela professora Orly,que Juan Delval esteve no Brasil pela primeira vez, trazendo, naquele momento, dados inusitadossobre suas pesquisasa respeitodo conhecimento social. A professora Orly está, atualmente, atuando como docente do Programa de Pós-Graduação em Educação da UNICAMP epermanece coordenando o LPG e os cursos de formação de professores do PROEPRE.


 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Gonçalves, Érica de C. (2018). Entrevista a Orly Zucatto Mantovani de Assis. Ensino Em Re-Vista, 25(1), 209-215. https://doi.org/10.14393/ER-v25n1a2018-09
Seção
Entrevista /Interview

Referências

ARAÚJO, R. M. B. O desenvolvimento do pensamento econômico em crianças:avaliação e intervenção em classes de 3ª e 4ª série do Ensino Fundamental. 2007. Tese (Doutorado em Educação) -Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2007.

BAPTISTELLA, E. C. F. A compreensão de um conteúdo de um comercial televisivo na infância. 2001. Dissertação (Mestrado em Educação) -Faculdade de Educação Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2001.

BARROSO, L. M. S. As ideias das crianças e adolescentes sobre seus direitos: um estudo evolutivo à luz da teoria piagetiana. 2000. 327f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2000.

BORGES, R. R. A construção da noção de família em crianças pré-escolares. 2001. Dissertação (Mestrado em Educação) Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2001.

BRAGA, A. A influência do projeto “A formação do professor e a educação ambiental” no conhecimento, valores, atitudes e crenças nos alunos do ensino fundamental.2003. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2003.

CANTELLI, V. C. B. Um estudo psicogenético sobre as representações de escola em crianças e adolescentes. 2000. Dissertação (Mestrado em Educação) –Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2000.

CANTELLI, V.C.B. Procedimentos utilizados pelas famílias na educação econômica de seus filhos. 2009, Tese (Doutorado em Educação) -Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2009.

GODOY, E. A representação étnica por crianças pré-escolares: Um estudo de caso à luz da teoria piagetiana. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação, 1996, 245 f.

PIRES, L.; ASSIS, O. Z. M. As representações das crianças sobre a noção de lucro: a construção do conhecimento social numa perspectiva construtivista. In: ASSIS, Mucio e MANTOVANI DE ASSIS, Orly. Anais do XXII Encontro Nacional de Professores do PROEPRE: Educação e Cidadania. Campinas: UNICAMP/FE/LPG, p. 471, 2005.

SARAVALI, E. G. As idéias das crianças sobre seus direitos: a construção do conhecimento social numa perspectiva piagetiana. Dissertação (mestrado em educação) - Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1999.

TORTELLA, J. C. B. Amizade no contexto escolar. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1996.

TORTELLA, J. C. B. A representação de amizade em díades de amigos e não amigos. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2001.