Formação e desenvolvimento profissional de professoras da Educação Básica

Main Article Content

Vera Lúcia Lacerda
Geovana Ferreira Melo

Resumo

O presente estudo tem como objetivo analisar aspectos da formação continuada de professoras que atuam na Educação Básica, em escolas públicas do Governo do Distrito Federal, que tenham participado de ações formativas promovidas pela Escola de Aperfeiçoamento de Profissionais da Educação - EAPE. A investigação foi orientada pelo seguinte questionamento: quais as contribuições das ações de formação continuada de professores, promovidas pela EAPE, para o desenvolvimento profissional docente? A pesquisa, de abordagem qualitativa, teve como ponto de partida a análise da literatura da área, tendo sido embasada, principalmente, pelos seguintes autores: Gatti (2009); Imbernón (2009); Marcelo Garcia (2009); Marcelo Garcia e Vaillant (2012); Melo (2007; 2009); Nóvoa (2000); Pimenta (2002). Os dados foram obtidos por meio de questionário e grupo focal dos quais participaram as professoras de duas escolas do Governo do Distrito Federal. A partir da análise de conteúdo dos dados são apresentadas as seguintes considerações: a formação continuada promovida pela EAPE é entendida como campo fértil para o aprimoramento profissional, desde que seja planejada e realizada conforme as demandas específicas de cada realidade e com o envolvimento direto das professoras. A escola é um dos espaços privilegiados de formação, de construção da identidade profissional e dos saberes docentes, a serem associados com as experiências individuais e coletivas, que apontam para o desenvolvimento profissional das professoras.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Lacerda, V. L., & Melo, G. F. (2017). Formação e desenvolvimento profissional de professoras da Educação Básica . Ensino Em Re-Vista, 1(1), 431-450. https://doi.org/10.14393/v24n2a2017-07
Seção
Varia

Referências

ALARCÃO, Isabel (Org.).Escola Reflexiva e nova racionalidade. Porto Alegre: ArtMed, 2001.

ANDRÉ, M. E. D. A. Formação de professores: a constituição de um campo de estudos. Educação, v. 33, p. 6-18, 2010.

BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo. Trad. Luís Antero e Augusto Pinheiro. Lisboa: Edições 70, 1977.

BEHRENS, M. O Paradigma da complexidade na formação e no desenvolvimento profissional de professores universitários. In: Educação.Porto Alegre. N.3. 2007 p. 439-455.

BOGDAN, Roberto e BIKLEN, Sari K. Investigação Qualitativa em Educação. Trad. Maria João Alvarez, Sara B. Santos e Telmo Baptista. Porto: Editora Porto, 1994.

CANDAU, V. M. F. Formação de professores: tendências atuais. In: REALI, A. M. M.R. et al. Formação de professores-tendências atuais. São Carlos: EDUFSCAR, 1996. p. 139–152.

CANÁRIO, R. Formação e Desenvolvimento profissional dos professores. Conferência Desenvolvimento Profissional de Professores para a Qualidade e para a Equidade da Aprendizagem ao longo da Vida. 2008. Anais.p. 133-148.

FLORES, Maria Assunção. Tendências e tensões no trabalho docente: reflexões a partir da voz dos professores. PERSPECTIVA, 2011. pp. 161-191.

GATTI, Bernardete A. A Construção da Pesquisa em Educação no Brasil. Brasília: Plano, 2002.

______. Grupo Focal nas Ciências Sociais e Humanas.Brasília: Líber Livro, 2005.

______ e BARRETO, Elba Siqueira Sá. Professores do Brasil: impasses e desafios. Brasília: UNESCO, 2009.

IMBERNÓN, F. Formação docente e profissional: formar-se para a mudança e a incerteza. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2002.

______. Formação permanente do professorado: novas tendências. São Paulo: Cortez, 2009.

LACERDA, Vera Lúcia Resende. Formação Continuada de Professores:Contribuições da Escola de Aperfeiçoamento de Profissionais da Educação (EAPE) no desenvolvimento profissional docente. 2016. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Educação). Faculdade de Educação. Universidade Federal de Uberlândia. Uberlândia/MG. 164 f.

MARCELO, Carlos García. Estrutura Conceptual da Formação de Professores. In: Formação de Professores:para uma mudança educativa. 1999. P. 17-30.

______. Desenvolvimento Profissional Docente: passado e futuro. Sísifo. N.08. 2009.p.7-22.

MELO, Geovana Ferreira. Tornar-se Professor: a formação desenvolvida nos cursos de Física, Matemática e Química da Universidade Federal de Uberlândia 2007. 229 f. Tese (Doutorado) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2007.

NÓVOA, Antonio. Vidas de professores. 2a ed. Porto: Porto Editora, 2000.

PIMENTA, S. G. Docência no Ensino Superior: construindo caminhos. In: PIMENTEL, Maria da Glória. O professor em construção. Campinas, SP: Papirus, 1993.