A primeira infância vai à escola: em defesa do ensino desenvolvente para todas as crianças

Main Article Content

Resumo

O debate sobre a educação da primeira infância apresenta desafios e posicionamentos controversos sobre o seu caráter formal e escolar. Neste sentido, este texto objetiva explicitar as características do processo de desenvolvimento na primeira infância, a fim de evidenciar as implicações positivas do ensino escolar nesse processo. Fundamentado na Psicologia Histórico-Cultural, percorre uma linha argumentativa evidenciando o processo histórico de luta pelo direito à educação; a especificidade do desenvolvimento infantil e as condições necessárias para o bom ensino, desde a mais tenra idade. Defendemos a sistematização da Educação Infantil de forma a garantir o ensino desenvolvente na primeira infância em suas máximas possibilidades.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Lazaretti, L. M., & Magalhães, G. M. (2019). A primeira infância vai à escola: em defesa do ensino desenvolvente para todas as crianças . Obutchénie: Revista De Didática E Psicologia Pedagógica, 3(3), 1-21. https://doi.org/10.14393/OBv3n3.a2019-51702
Seção
Dossiê: Periodização histórico-cultural do desenvolvimento humano

Referências

BORGES, L.F.P. Educação, escola e humanização em Marx, Engels e Lukács. Revista Educação em questão. Natal, v. 55, n. 45, p. 101 – 126, jul-set, 2017. https://doi.org/10.21680/1981-1802.2017v55n45id12747

BRASIL. Ministério da Educação e Cultura. Lei nº. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Fixa as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília, DF: MEC, 1996. https://doi.org/10.11606/d.7.2013.tde-10092013-151829

BRASIL. Relatório do 2º Ciclo de Monitoramento das Metas do Plano Nacional de Educação. Brasília, DF: Inep, 2018. 460 p. Disponível: http://inep.gov.br/informacao-da-publicacao/-/asset_publisher/6JYIsGMAMkW1/document/id/1476034. Acesso em 26 de maio de 2019. https://doi.org/10.1590/s1413-99362010000300018

COSTA, M. C. L. Creche: solução ou problema? Cadernos de Pesquisa. São Paulo. V. 50, p. 58-60, ago. 1984.

ELKONIN, D. Sobre el problema de la periodizacion del desarrollo psíquico em la infância. In: SHUARE, M. (org.) La Psicologia evolutiva y pedagogica en la URSS. Moscú: Editorial Progreso, 1987, p. 104-124. https://doi.org/10.5093/rhp2019a14

ELKONIN, D. B.; ZAPOROZHETS. Foreword. In: ELKONIN, D. B.; ZAPOROZHETS, A. (Orgs). The psychology of preschool children. Cambridge, MA: MIT Press, 1974. p. 5-23.

ELKONIN, D. Psicologia do jogo. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

ELKONIN, Daniil Borisovich. Desarrollo psíquico del niño desde el nacimiento hasta el ingreso en la escuela. In. SMIRNOV, A. A. et al. Psicología. México: Grijalbo, 1969. p.504-522.

HADDAD, L. A creche em busca de identidade. São Paulo: Loyola, 1991.

LAZARETTI, Lucinéia Maria. A organização didática do ensino na educação
infantil: implicações da teoria histórico-cultural. 2013. 204 f. Tese (Doutorado em
Educação) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2013. https://doi.org/10.29289/259453942018v28s1022

LAZARETTI, L. M.; ARRAIS, L. F. O Que Cabe no Currículo da Educação Infantil? Um Convite à reflexão Educ. Anál., Londrina, V.3, N.2, p.27-46, jul./dez. 2018. https://doi.org/10.5433/1984-7939.2018v3n2p27

LAZARETTI, L. M.; MAGALHAES, C. . Acolher, Explorar, Brincar e Conhecer: Reflexões sobre o Espaço Como Potencializador das Aprendizagens de Bebês e Crianças na Educação Infantil. In. MAGALHAES, C. EIDT, N. M. (Org.). Apropriações Teóricas e suas Implicações na Educação Infantil. 1ed.Curitiba: Editora CRV, 2019, v. 1, p. 1-247. https://doi.org/10.26512/2016.03.d.20028

LAZARETTI, L. M.; MELLO, M. A. . Como ensinar na educação infantil? Reflexões sobre a didática e o desenvolvimento da criança. In: PASQUALINI, J. C.; TEIXEIRA L. A.; AGUDO, M. M. (Org.). Pedagogia Histórico-Crítica: Legado e Perspectivas. 1ed.Uberlãndia: Navegando, 2018, v. 1.

LEONTIEV, A. Uma contribuição à teoria do desenvolvimento da psique infantil. In: VIGOTISKII, L S; LURIA, A; LEONTIEV, A. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. São Paulo: Ícone editora, 2001.

MAGALHÃES, G.M. Atividade-guia e neoformações psíquicas: contribuições da Psicologia Histórico-Cultural para o ensino desenvolvente na Educação Infantil. Crítica Educativa (Sorocaba/SP), v. 4, n. 2, p. 275-286, jul./dez. 2018.

MARTINS, L. M. Especificidades do desenvolvimento afetivo-cognitivo de crianças de 4 a 6 anos. In. ARCE, A.; MARTINS, L. M. (Orgs.). Quem tem medo de ensinar na educação infantil? Em defesa do ato de ensinar. Campinas: Alínea, 2007. https://doi.org/10.1590/s1414-32832012000100025

MARTINS, L M. O desenvolvimento do psiquismo e a educação escolar: contribuições à luz da psicologia histórico-cultural e da pedagogia histórico-crítica. Campinas, SP: Editora Autores Associados, 2013.

MARTINS, L. M.; MAGALHÃES, G. M. A educação infantil e suas interfaces formais e informais. In: BIZELLI, J. L.; SOUZA, C. B. G. (orgs) Caminhos para a escola inclusiva. São Paulo – SP: Cultura Acadêmica, 2014.

MÚJINA, V. S. Características Psicológicas del prepreescolar y del preescolar. In.
PETROVSKI, A. V. (Org.). La psicología evolutiva y pedagógica. Moscú: Progreso, 1979. p. 44-79.

REIS, J.R.T. Família, emoção e ideologia. In: LANE, S. e CODO, W. (orgs) Psicologia Social: o homem em movimento. São Paulo: editora brasiliense, 2012.

ROSEMBERG, F. O movimento de mulheres e a abertura política no Brasil: o caso da creche. Cadernos de Pesquisa, São Paulo. v. 51, p. 73-79, novembro 1984.

ROSEMBERG, F. Políticas Públicas e Qualidade da Educação Infantil. In: SANTOS, M. O.; RIBEIRO, M. I. S. (orgs.). Educação Infantil: os desafios estão postos!: e o que estamos fazendo? Salvador: Sooffset, 2014. https://doi.org/10.22533/at.ed.1241819125

SAVIANI, D. Pedagogia histórico-crítica: primeiras aproximações. Campinas: Autores Associados, 1991. https://doi.org/10.5212/praxeduc.v.8i1.0013

TUNES, E.; PRESTES, Z. Apontamentos sobre educação de bebês e de crianças pequenas. Rev. Teoria e Prática da Educação, v. 22, n.1, p. 32-43, Janeiro/Abril, 2019. https://doi.org/10.4025/tpe.v22i1.47427

VIEIRA, L. M. F. Mal Necessário: creches no departamento nacional da criança (1940-1970). Cadernos de Pesquisa, São Paulo. v. 67, p. 3-16, novembro de 1988.

VIGOTSKI, L.S. 7 aulas sobre os fundamentos da pedologia. Tradução e organização de Zoia Prestes e Elisabeth Tunes. Rio de Janeiro – RJ: E-papers, 2018.

VIGOTSKI, L S. A Construção do pensamento e da linguagem. São Paulo,SP: Martins Fontes, 2001.

VYGOTSKI, L S. Obras Escogidas. Madrid: Editora Visor, 1996. Tomo IV.

VIGOTSKII, L. S. Aprendizagem e desenvolvimento intelectual na idade escolar. In: VIGOTSKII, L. S.; LURIA, A. R.; LEONTIEV, A. N. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. Tradução de Maria da Penha Villalobos. São Paulo: Ícone; EDUSP, 1988.

WEBER, L. N. D. (et all). Filhos em creches no século XXI e os sentimentos das mães. Psicologia Argumento, Curitiba, v. 24, n. 44 p. 45-54, jan./mar. 2006. https://doi.org/10.7213/rpa.v24i44.20095