A periodização histórico-cultural e o desenvolvimento da linguagem: contribuições ao trabalho pedagógico na educação infantil

Main Article Content

Maria Cláudia da Silva Saccomani

Resumo

Partindo da compreensão histórico-cultural de desenvolvimento humano, fundamentamo-nos na ideia de que o trabalho pedagógico na educação infantil deve se sustentar pela tríade conteúdo-forma-destinatário. Diante disso, a periodização do desenvolvimento é um instrumento importante para compreender o destinatário e organizar o trabalho pedagógico. Assim, apresentamos neste artigo os três primeiros períodos do desenvolvimento infantil, descrevendo as atividades-guia e as respectivas características da linguagem esperadas em cada período. A compreensão deste processo de desenvolvimento na infância permite que o professor possa analisar, planejar e organizar sua prática docente tendo em vista o máximo desenvolvimento da linguagem oral, de acordo com as especificidades da faixa etária.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Saccomani, M. C. da S. (2019). A periodização histórico-cultural e o desenvolvimento da linguagem: contribuições ao trabalho pedagógico na educação infantil. Obutchénie: Revista De Didática E Psicologia Pedagógica, 3(3), 1-24. https://doi.org/10.14393/OBv3n3.a2019-51697
Seção
Dossiê: Periodização histórico-cultural do desenvolvimento humano

Referências

ELKONIN, D.B. Desarrollo psíquico del niño desde el nacimiento hasta el ingresso en la escuela. In: MIRNOV, A.A. e cols. (orgs). Psicología. México: Grijalbo, 1960, p.504-522.

______. Development of speech. In: Zaporozhets, A. V., Elkonin, D. B. (Eds.), The psychology of preschool children. Cambridge, MA: The MIT Press. 1974. p. 111–185.

LEONTIEV, A. Uma contribuição à teoria do desenvolvimento da psique infantil. In: VIGOTSKII, L.S.; LURIA, A. & LEONTIEV, A. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. 12.ed. São Paulo: Ícone, p.59-83, 2012a.

______. Os princípios psicológicos da brincadeira pré-escolar. In: VIGOTSKII, L.S.; LURIA, A. & LEONTIEV, A. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. 12.ed. São Paulo: Ícone, p.119-142, 2012b.

LURIA, A. R. Pensamento e linguagem: as últimas conferências de Luria. Porto Alegre: ARTMED, 2001.

LÍSINA, M. La génesis de las formas de comunicación en los niños. In: DAVÍDOV, V.; SHUARE, M. (Org.) La psicologia evolutiva e pedagógica en la URSS: Antología. Moscú, URSS: Editorial Progreso, 1987. p. 274-298. https://doi.org/10.5093/rhp2019a14 https://doi.org/10.5093/rhp2019a14

MARCOLINO, S. A mediação pedagógica na educação infantil para o desenvolvimento da brincadeira de papéis sociais. Tese de Doutorado, Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade do Estado de São Paulo, Marília, 2013. https://doi.org/10.11606/d.39.2017.tde-12052017-151336

MARSIGLIA, A. C. G., SACCOMANI, M. C. Contribuições da periodização históricocultural do desenvolvimento para o trabalho pedagógico histórico-crítico. In: MARTINS, L. M., ABRANTES, A. A., FACCI, M. G. D. (Org.). Periodização histórico-cultural do desenvolvimento psíquico: do nascimento à velhice. Campinas: Autores Associados, 2016, p. 343-368. https://doi.org/10.11606/9788564842380

MARSIGLIA, A. C. G.; SAVIANI, D. Prática pedagógica alfabetizadora à luz da psicologia histórico-cultural e da pedagogia histórico-crítica. In: Psicologia em Estudo, Maringá, v. 22, n. 1, jan./mar. 2017. p. 3-13. https://doi.org/10.4025/psicolestud.v22i1.31815

MARTINS, L. M. Psicologia histórico-cultural, pedagogia histórico-crítica e desenvolvimento humano. In: MARTINS, L. M., ABRANTES, A. A., FACCI, M. G. D. (Org.). Periodização histórico-cultural do desenvolvimento psíquico: do nascimento à velhice. Campinas: Autores Associados, 2016a, p. 13-34.

______. O desenvolvimento do psiquismo e a educação escolar: contribuições à luz da psicologia histórico cultural e da pedagogia histórico-crítica. Campinas: Autores Associados, 2013a. https://doi.org/10.1590/s1414-32832012000100025

______. Os fundamentos psicológicos da pedagogia histórico-crítica e os fundamentos pedagógicos da psicologia histórico-cultural. Germinal: Marxismo e Educação em Debate, Salvador, v. 5, n. 2, p. 130-143, dez. 2013b. https://doi.org/10.9771/gmed.v5i2.9705

______. O ensino e o desenvolvimento da criança de zero a três anos. In: ARCE, A.; MARTINS, L. M. (Orgs.). Ensinando aos pequenos de zero a três anos. Campinas – SP: Alínea, 2012, p. 93-121. https://doi.org/10.5007/2175-795x.2014v32n3p813

MUKHINA, V. Psicologia da idade pré-escolar: um manual completo para compreender e ensinar desde o nascimento até os sete anos. São Paulo: Martins Fontes, 1996.

PASQUALINI, J. C. O desenvolvimento do psiquismo e o ensino escolar. In: PASQUALINI, J.C.; TSUHAKO, Y. N. (Org.). Proposta pedagógica da Educação Infantil do Sistema Municipal de Ensino de Bauru/SP.1ed. Bauru: Secretaria Municipal de Educação-Bauru, v. 1, 2016, p.69-100. https://doi.org/10.22478/ufpb.1983-1579.2018v2n11.39616

PASQUALINI, J. C.; ABRANTES, A. A. Forma e conteúdo do ensino na educação infantil: o papel do jogo protagonizado e as contribuições da literatura infantil. Germinal: Marxismo e Educação em Debate, Salvador, v.5, n.2, p.13-24, dez. 2013. https://doi.org/10.9771/gmed.v5i2.9696

RUBINSTEIN, S. L. Princípios de psicologia general. México: Grijalbo, 1967.

SACCOMANI, M. C. S. A importância da educação pré-escolar para o desenvolvimento da linguagem oral e escrita: contribuições à luz da pedagogia histórico-crítica e da psicologia histórico-cultural. Tese de doutorado apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Educação Escolar. Faculdade de Filosofia e Letras. UNESP campus de Araraquara, 2018. https://doi.org/10.9771/gmed.v7i1.11883

VIGOTSKI, L.S. A construção do pensamento e da linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 2009.

VYGOTSKI, L.S. Obras escogidas. Tomo II. Madrid: Visor, 2001.

______. Obras escogidas. Tomo III. Madrid: Visor, 2000.

______. Obras escogidas. Tomo IV. Madrid: Visor, 2006.