Uso de diferentes fontes de proteína e de gordura na composição de proteinados para ovinos: consumo e digestibilidade aparente

  • Gilberto de Lima Macedo Junior Universidade Federal de Uberlândia/Professor Associado I/Curso Zootecnia
  • Leonardo Lopes Magno Mestrando do curso de Pós Graduação em Ciências Veterinárias da Universidade Federal de Uberlândia
  • Karla Alves Oliveira Mestre pelo programa de Pós Graduação em Ciências Veterinárias da Universidade Federal de Uberlândia
  • Carolina Moreira Araújo Mestre pelo programa de Pós Graduação em Ciências Veterinárias da Universidade Federal de Uberlândia
  • Laura Ferrari Monteiro Varanis Mestre pelo programa de Pós Graduação em Ciências Veterinárias da Universidade Federal de Uberlândia
  • Tamires Soares de Assis Discente do Curso de Zootecnia da Universidade Federal de Uberlândia

Resumo

O objetivo do trabalho foi avaliar o consumo e a digestibilidade aparente por ovinos, consumindo silagem de milho e diferentes proteinados. Foram utilizadas cinco ovelhas adultas, da raça Santa Inês, não gestantes, dispostas em um delineado em quadrado latino 5X5, submetidas à cinco tratamentos: farelo de soja + gordura protegida de palma; farelo de soja; farelo de soja protegido; farelo de soja protegido + gordura protegida de palma e farelo de soja protegido + gordura protegida de soja. Foram avaliados os consumos de matéria seca (MS), proteína bruta (PB), fibra em detergente neutro (FDN), fibra em detergente ácido (FDA), de água e proteinado e a digestibilidades referentes à MS, PB e FDN. Os dados foram analisados usando o teste estatístico Student-Newman-Keuls com significância de 5%. Os tratamentos não afetaram consumo e a digestibilidade dos animais (P>0,05), somente o consumo de água (P<0,05). A gordura protegida permitiu o suprimento energético sem causar queda do consumo e o farelo de soja, foi eficiente em atender as exigências dos animais. A utilização de proteinados foi eficiente em suplementar sem alterar os dados referentes a consumo e à digestibilidade da dieta.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-09-19
Seção
Nutrição Animal