Leukoreduction of blood components in veterinary medicine

  • Marcia Kikuyo Notomi Faculdade de Medicina Veterinária, Universidade Federal de Alagoas, Fazenda São Luiz, /n, Viçosa, CEP: 57.700-000, (82) 3214-1935 Alagoas, Brasil.
  • Rafael Ruiz de Gopegui Departmento de Clínica e Cirurgia Animal, Faculdade de Medicina Veterinária, Universidade Autônoma de Barcelona, Espanha
  • Pierre Barnabé Escodro Faculdade de Medicina Veterinária, Universidade Federal de Alagoas
Palavras-chave: animal, banco de sangue, hemoterapia, leucodepleção, transfusão

Resumo

O artigo tem como objetivo informar e atualizar sobre a utilização da redução leucocitária na terapia transfusional, com ênfase na técnica de filtração de leucócitos, e suas aplicabilidades na medicina veterinária. A leucorredução é um procedimento realizado para reduzir o número de leucócitos de um hemocomponente, afim de se evitar as reações adversas provocada pela exposição dos leucócitos do doador ao receptor. Dentre as várias técnicas de leucorredução existentes, a filtração tem se mostrado como a mais eficiente, com retenção de aproximadamente 99,9% dos leucócitos. A filtração de leucócitos mostrou eficácia na redução de casos de febre não hemolítica, aloimunização, refratariedade plaquetária e transmissão de citomegalovírus. Na medicina humana, a leucorredução universal de todos os produtos do sangue está sendo implantada em bancos de sangue de diversos países, enquanto que na medicina veterinária, a depleção de leucócitos é um assunto pouco discutido e raramente utilizada na rotina médica.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-02-14
Seção
Clínica e Cirurgia Animal