FATORES DE RISCO ASSOCIADOS À CISTICERCOSE E NEUROCISTICERCOSE EM PEQUENAS PROPRIEDADES RURAIS DO MUNICÍPIO DE UBERLÂNDIA-MG

  • Beatriz da Silva Frasão
  • Kênia de Fátima Carrijo
  • Laerte Pereira de Almeida
  • Ludmila de Souza
  • Adriano Pirtouscheg

Resumo

Um grave e atual problema de Saúde Pública é a cisticercose, zoonose causada pela forma larvar da Taenia solium, sendo a neurocisticercose a sua forma mais severa de manifestação. Uma possível situação de risco para essa doença em seres humanos pode ser a criação de suínos em propriedades rurais, cujos animais podem ser criados, abatidos e consumidos sem qualquer tipo de inspeção sanitária. Foi realizada uma investigação em 167 pequenas propriedades rurais no município de Uberlândia-MG, visando a prevenção e controle dessa doença. Foram coletados, por meio de questionário, dados demográficos, dados sanitários e epidemiológicos sobre a cisticercose e neurocisticercose. Estes foram digitados e analisados estatisticamente por meio do Software EpiInfo 6.04. Os resultados revelaram que a criação de suínos é frequente nessas propriedades (79%), sendo que destes, em 99% dos casos são abatidos suínos para consumo próprio. Foi relatado o achado de cistos nas carnes de animais abatidos nas propriedades. A pesquisa indicou a presença de indicadores morbidade associados à sintomatologia sugestiva de casos de neurocisticercose. Conclui-se haver nestas propriedades indícios da presença de fatores predisponentes a ocorrência do complexo teníase-cisticercose com a possibilidade de neurocisticercose.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2013-06-06
Seção
Epidemiologia e Saúde Pública