A Propensão das Famílias a Pagar por Leitura: Uma Análise Fundamentada nas Pesquisas de Orçamentos Familiares (POF) nas Regiões Metropolitanas entre 1996 e 2009

  • Alexandre Nunes de Almeida Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Universidade de São Paulo http://orcid.org/0000-0002-0680-5446
  • Lívia Rodrigues Spaggiari Souza Universidade Estadual de Campinas

Resumo

O objetivo do presente trabalho foi analisar quais são os principais determinantes da propensão a pagar por material de leitura com base nas Pesquisas de Orçamentos Familiares em regiões metropolitanas brasileiras entre 1996 e 2009. Entre os principais resultados, observou-se que as mulheres têm maior probabilidade de despender com livros e menor com jornais e revistas em relação aos homens. Possuir cartão de crédito e acesso à internet aumenta a probabilidade de despender com leitura. Também foram encontradas diferenças significativas quanto aos gastos com leitura entre as regiões do país, quanto a renda e quanto à idade e quanto a posição domiciliar do indivíduo.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-04-29
Seção
Artigos