O Efeito da Carga Hidrológica e sua Influência no Deslocamento e nas Velocidades de Estações GNSS na Bacia Amazônica Brasileira

Palavras-chave: Carga hidrológica, Velocidade, GNSS, PPP

Resumo

Fenômenos geodinâmicos e de deformação crustal alteram as posições de pontos na superfície terrestre. Alguns destes, como a carga hidrológica (water storage e hidrological load), tem expressividade em regiões específicas, como a Amazônica, consistindo-se como uma característica local. Seu efeito se manifesta como deformações viscoelásticas temporais na superfície terrestre e não são considerados na modelagem do PPP (Posicionamento por Ponto Preciso). Nesse sentido, o presente trabalho objetiva investigar a influência da carga hidrológica no deslocamento de nove estações da RBMC (AMBC, AMCO, AMHA, AMMU, AMTE, AMUA, ITAM, NAUS e PAIT) situadas na Bacia Amazônica, utilizando séries temporais posicionais geradas no IBGE-PPP. As séries de componentes verticais (Δu) apresentaram maiores amplitudes, quando comparadas às séries de componentes norte (Δn) e este (Δe). A estação NAUS apresentou maior amplitude média para série Δu (0,073 m) e amplitude máxima em 2012 (0,084 m), justificável pela maior cheia histórica. As séries Δn apresentaram resultados similares à série Δu, porém com amplitudes menores. A estação NAUS obteve amplitude máxima (0,023 m) em 2012 e 2015 para série Δn, justificável pelas cheias, e amplitude média de 0,020 m. Em relação às séries Δe, maior amplitude média (0,016 m) foi obtida por AMBC. Comprovado o efeito da carga hidrológica nas componentes posicionais, comparou-se as velocidades derivadas das séries e do VEMOS2009, em que Vn, Ve e Vu apresentaram discrepâncias variando entre -0,0001 e 0,0014 m; -0,0021 e 0,0017; e -0,0027 e 0,0084 respectivamente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lécio Alves Nascimento, Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais - IFNMG

Graduado em Engenharia de Agrimensura e Cartográfica (2015), mestrado (2016) e doutorando (atualmente) em Engenharia Civil - Informações Espaciais pela Universidade Federal de Viçosa. Atualmente é Professor do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico do Instituto Federal do Norte de Minas Gerais - IFNMG, Campus Araçuaí. Atua em áreas relacionadas às Geociências, diretamente em pesquisas associadas à Geodésia e Programação aplicada. Desenvolve estudos aplicados à Geodinâmica, deformação crustal, efeitos de carga hidrológica, análises de séries temporais e desenvolvimento de software para aplicações geodésicas.

Publicado
2021-06-30
Como Citar
NASCIMENTO, L. A.; DAL POZ , W. R.; FREITAS , K. X. S. O Efeito da Carga Hidrológica e sua Influência no Deslocamento e nas Velocidades de Estações GNSS na Bacia Amazônica Brasileira. Revista Brasileira de Cartografia, v. 73, n. 3, p. 787-806, 30 jun. 2021.
Seção
Artigos Originais