Avaliação da Incerteza de Dados Batimétricos Coletados por meio de Plataformas Autônomas não Tripuladas

Palavras-chave: Hidrografia, Batimetria, Incerteza Amostral, Propagação de Incertezas

Resumo

A hidrografia consiste em uma ciência correlacionada a geografia física, que estuda todos os tipos e variações de corpos aquáticos. Para uma descrição coerente do fundo submerso, comumente utilizam-se embarcações tripuladas equipadas com sistemas de sondagem para a realização de um levantamento hidrográfico. Todavia, a dificuldade de acesso às áreas remotas, ou até mesmo a insegurança existente pelo fato de a localidade oferecer risco aos tripulantes fez com que o uso de veículos autônomos não tripulados se tornasse cada vez mais comum. Nessa conjuntura, sabe-se que os levantamentos hidrográficos conduzidos por essas plataformas, assim como qualquer outro tipo de levantamento, conterão incertezas que irão afetar diretamente os dados batimétricos. Diante disso, este artigo objetiva apresentar uma metodologia para avaliação teórica da Incerteza Propagada Total (IPT) de sistema de sondagem batimétrica embarcados em ASV's (Autonomous Surface Vessel), bem como validar o modelo teórico por meio da confrontação dos resultados obtidos com as incertezas amostrais adquiridas em um levantamento batimétrico realizado na Laguna da Jansen em São Luís-MA. Os resultados evidenciaram que o modelo de incertezas teórico é coerente com as incertezas amostrais obtidas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Italo Oliveira Ferreira

É Professor Adjunto do departamento de Engenharia Civil, setor de Engenharia de Agrimensura e Cartográfica da Universidade Federal de Viçosa e membro permanente do Programa de Pós Graduação em Engenharia Civil, área de concentração em Informações Espaciais (PGEC/UFV - mestrado e doutorado). Possui graduação em Engenharia de Agrimensura e Cartográfica pela Universidade Federal de Viçosa (2011), Mestrado em Engenharia Civil, área de concentração em Informações Espaciais (Geodésia) pela Universidade Federal de Viçosa (2013) e Doutorado em Engenharia Civil, área de concentração em Informações Espaciais (Geodésia) na Universidade Federal de Viçosa (2018). Possui experiência na área de Geociências, com ênfase em Engenharia de Agrimensura e Cartográfica, atuando principalmente nos seguintes temas: Levantamentos Hidrográficos, Topográficos, Geodésicos e Perfilamentos a Laser, Ajustamento de Observações, Geoestatística e Controle de Qualidade. É líder do Grupo de Estudo e Pesquisa em Levantamentos Hidrográficos - GEPLH - UFV e pesquisador do Grupo de Estudo e Pesquisa em Ciências Geodésicas - GEPCiG - UFV, ambos do CNPq. Desde 2019, é vice-presidente da Comissão Técnico-Científica de Hidrografia da Sociedade Brasileira de Cartografia, Geodésia, Fotogrametria e Sensoriamento Remoto e Editor Associado da Revista Brasileira de Cartografia.

Publicado
2021-02-19
Como Citar
FERREIRA, I. O.; ANDRADE, L. C. DE; SOUZA, L. M. DE; SILVA, A. A.; SANTOS, F. C. M. Avaliação da Incerteza de Dados Batimétricos Coletados por meio de Plataformas Autônomas não Tripuladas. Revista Brasileira de Cartografia, v. 73, n. 1, p. 88-105, 19 fev. 2021.
Seção
Artigos Originais