Uso de Dados de Radar Meteorológico em Modelo Hidrológico SCS-CN para a Estimativa de Escoamento Superficial

Palavras-chave: Modelo hidrológico SCS-CN, Radar meteorológico, Chuva efetiva, Bacia hidrográfica

Resumo

O objetivo do presente trabalho foi avaliar a viabilidade do uso de estimativas de chuva a partir de dados do radar meteorológico do Instituto de Pesquisas Meteorológicas de Bauru (IPMet/UNESP) na implementação do modelo hidrológico distribuído simplificado Soil Conservation Service – Curve Number (SCS-CN), a fim de se analisar o escoamento superficial de eventos de precipitação na bacia hidrográfica do Rio Jacaré-Guaçu, localizada na região centro-leste do estado de São Paulo. Nesse trabalho, as estimativas de chuva a partir de dados do radar meteorológico do IPMet foram calibradas com dados de 18 estações pluviométricas, contudo, a área de estudo apresenta apenas uma estação fluviométrica em operação, localizada no exutório da bacia. Foram escolhidos dois eventos ocorridos em janeiro e fevereiro de 2013, de acordo com a propagação do escoamento superficial extraído a partir da aplicação de um filtro digital de separação de escoamento. Os resultados foram satisfatórios em relação a propagação do escoamento superficial gerada pelo modelo hidrológico SCS-CN. Entretanto, é preciso ressaltar que alguns fatores de incerteza foram levados em consideração no processo de implementação do modelo hidrológico. Um desses fatores é que a falta de calibração de parâmetros do modelo SCS-CN, como os valores tabelados da CN, pode ter produzido alguns valores espúrios de chuva efetiva e, consequentemente, isso pode ter interferido nos valores de propagação do escoamento superficial.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-09-22
Como Citar
MIGUEL, B. H.; RENNÓ, C. D. Uso de Dados de Radar Meteorológico em Modelo Hidrológico SCS-CN para a Estimativa de Escoamento Superficial. Revista Brasileira de Cartografia, v. 72, n. 3, p. 501-516, 22 set. 2020.
Seção
Artigos Originais