Análise do Desempenho de ETR no Monitoramento Dinâmico de Estrutura Metálica por Leitura Contínua de Direções

Palavras-chave: Monitoramento dinâmico, Leitura Contínua de Direções, Estação total robotizada

Resumo

As obras de infraestrutura estão sujeitas às ações de forças estáticas, geralmente relacionadas ao peso do próprio corpo estrutural, e a forças dinâmicas, oriundas da ação de agentes externos à estrutura, como o vento e outras cargas móveis. O monitoramento dinâmico de estruturas é realizado, comumente, com utilização de instrumentais não geodésicos, como acelerômetros e extensômetros. Contudo, este artigo apresenta uma alternativa de técnica geodésica para o monitoramento dinâmico de estruturas por meio da análise do desempenho de uma estação total robotizada (ETR) utilizando Leitura Contínua de Direções (LCD), uma metodologia capaz de aumentar a taxa amostral do equipamento para cerca de 20 Hz, além de eliminar a latência entre as medições lineares e angulares. Os experimentos foram realizados em um ponto materializado sobre a passarela que liga os campi Centro Politécnico e Botânico da Universidade Federal do Paraná. Os dados oriundos da ETR foram comparados aos obtidos com levantamento Global Navigation Satellite System (GNSS) no modo relativo cinemático contínuo com frequência de 20 Hz.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-06-22
Como Citar
MEDEIROS, L. ÍTALO B. DE; FAGGION, P. L.; ALVES, S. DE S. O. Análise do Desempenho de ETR no Monitoramento Dinâmico de Estrutura Metálica por Leitura Contínua de Direções. Revista Brasileira de Cartografia, v. 72, n. 2, p. 280-293, 22 jun. 2020.
Seção
Artigos Originais