30 anos de Medições Gravimétricas Absolutas no Brasil

Palavras-chave: Gravimetria, Gravímetro absoluto, RENEGA

Resumo

O Sistema Geodésico Brasileiro é composto por estações de referência que reúnem informações acerca da componente altimétrica, planimétrica (geocêntrica em uma definição contemporânea) e gravimétrica. Essa última componente, que nesta década alcançou maior evidência em função dos acontecimentos que a envolve, exerce um precípuo papel em áreas como a Geodésia, a Geologia e a Geofísica. Destacam-se os novos valores de altitudes de referência, baseados em números geopotenciais, apresentados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística em julho de 2018, bem como os esforços que estão sendo despendidos para a implantação de um Sistema Internacional de Referência para Altitudes. Face ao exposto, o objetivo deste trabalho é mostrar o que o país possui em termos de medições gravimétricas absolutas, levantadas desde 1989 com a implantação da Rede Nacional de Estações Gravimétricas Absolutas. Um destaque evidenciando a remedição da referida rede, bem como os atuais esforços gravimétricos no país é apresentado. Além disso, realiza-se uma revisão sobre os métodos de medições absolutas, bem como os gravímetros empregados nesses 30 anos. Por fim, traça-se uma relação entre a distribuição de estações absolutas no país com as estações que comporão o Sistema Internacional de Referência para Altitudes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gabriel do Nascimento Guimarães, Universidade Federal de Uberlândia
Possui graduação em Engenharia Cartográfica pela Universidade Estadual Paulista - Júlio de Mesquita Filho, É mestre em Engenharia de Transportes pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (EPUSP). É doutor também pela EPUSP e pelo Politecnico di Milano, Itália Atualmente, é docente no curso de Engenharia de Agrimensura e Cartográfica pela Universidade Federal de Uberlândia, campus Monte Carmelo e docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Agricultura e Informações Geoespaciais (ICIAG-UFU) e colaborador do Programa de Pós-Graduação em Geografia (IGUFU), dedicando aos estudos direcionados para os aspectos físicos da Geodésia. É coordenador do Grupo de Pesquisa Geodésia Dinâmica, além de membro do Grupo de Trabalho GTIII: Datum Vertical do SIRGAS e do Grupo de Trabalho da Comissão de Integração e Validação de modelos geoidais da Associação Internacional de Geodésia. É o atual delegado brasileiro junto ao plenário da Associação Internacional de Geodésia na Assembleia Geral da União Internacional de Geodésia e Geofísica que ocorrerá em julho, na cidade de Montreal - Canadá
Publicado
2020-03-30
Como Citar
GUIMARÃES, G. DO N.; BLITZKOW, D.; MATOS, A. C. O. C. DE; CASTRO JUNIOR, C. A. C.; INOUE, M. E. B. 30 anos de Medições Gravimétricas Absolutas no Brasil. Revista Brasileira de Cartografia, v. 72, n. 1, p. 159-176, 30 mar. 2020.
Seção
Artigos de Revisão