Indicador dos Estágios de Sucessão de Fragmentos Florestais do Bioma Mata Atlântica

Palavras-chave: Recurso florestal, Geoprocessamento, Modelagem matemática

Resumo

Estudos sobre os estágios de sucessão de fragmentos florestais são essenciais para sua preservação e conservação, além de contribuir de forma significativa na gestão e no planejamento voltados à recuperação de sua biodiversidade. No entanto, a avaliação desses estágios demanda elevados custos, pessoal qualificado e tempo, principalmente nos trabalhos em campo. Portanto, pesquisas têm surgido incorporando métodos que utilizam as técnicas de geoprocessamento para avaliações dessa natureza. A pesquisa objetivou estudar os parâmetros que interferem na dinâmica dos fragmentos florestais e as características biofísicas, cujo o intuito foi propor um indicador dos estágios de sucessão de fragmentos florestais do bioma Mata Atlântica. Para isto foi utilizado como base a bacia hidrográfica do rio Murundú-Paiol situada no sudeste do estado de São Paulo. Os métodos se basearam no estudo dos fatores que interferem na dinâmica dos fragmentos florestais (tamanho, efeito antrópico no entorno, altitude, relevo e exposição solar) e índices de vegetação, gerados a partir de técnicas de geoprocessamento. Todos estes fatores foram correlacionados e os fragmentos florestais foram selecionados para avaliação em campo. Dentre todos os parâmetros avaliados, apenas os relacionados à altitude e relevo apresentaram boa correlação com os índices de vegetação, sendo estes os parâmetros integrantes no indicador dos estágios de sucessão. Este indicador exibiu uma acurácia de 85,7% na avaliação, o que permite ser replicado em outros estudos semelhantes, apresentando-se como uma alternativa científica viável e capaz de indicar o provável estágio de sucessão dos fragmentos florestais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Amanda Trindade Amorim, Universidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências e Tecnologia, Presidente Prudente

Engenheira Ambiental, Mestra em Ciências Ambientais e Doutoranda em Geografia.

Jocy Ana Paixão de Sousa, Universidade Estadual Paulista (Unesp), Instituto de Ciência e Tecnologia, Sorocaba

Engenheira Florestal, Mestra em Ciências Ambientais e Doutoranda em Ciências Ambientais

Roberto Wagner Lourenço, Universidade Estadual Paulista (Unesp), Instituto de Ciência e Tecnologia, Sorocaba

Geógrafo, Mestre e Doutor em Geociências e Meio Ambiente. 

Publicado
2019-09-25
Como Citar
TRINDADE AMORIM, A.; PAIXÃO DE SOUSA, J. A.; WAGNER LOURENÇO, R. Indicador dos Estágios de Sucessão de Fragmentos Florestais do Bioma Mata Atlântica. Revista Brasileira de Cartografia, v. 71, n. 3, p. 756-780, 25 set. 2019.
Seção
Artigos Originais