Planejamento de Rede de Monitoramento de Estruturas Empregando-se LST (Laser Scanner Terrestre)

  • Évelin Moreira Gonçalves IFSC - Instituto Federal de Educação Ciências e Tecnologia de Santa Catarina
  • Luis A. Koenig Veiga UFPR - Universidade Federal do Paraná
Palavras-chave: Laser Scanner Terrestre, Monitoramento de estruturas, Planejamento de redes geodésicas

Resumo

Neste trabalho, são apresentados os procedimentos realizados no projeto de uma rede de monitoramento geodésico de uma barragem, empregando-se Laser Scanner Terrestre (LST).  A premissa de que o modelo final do objeto tridimensional monitorado é gerado através da concatenação de diversas nuvens de pontos, obtidas a partir de várias estações de observação, norteou a definição de alguns critérios considerados no planejamento da coleta de dados em campo com LST. A definição desses critérios se deu a partir de testes realizados com o Laser Scanner FARO FOCUS 3D 120, em 9 diferentes cenários. Nos quais foi analisada a influência que alguns parâmetros, como a resolução da nuvem de pontos e a distância do LST em relação ao objeto, podem exercer no resultado final do monitoramento. Desta forma foi possível propor três diferentes hipóteses para a rede, baseadas nesses critérios. Em um modelo digital 3D da barragem da Usina Hidrelétrica (UHE) Mauá, local para o qual foi realizado o estudo, simulou-se amostras de dados para cada uma das três hipóteses. Estes dados foram utilizados nas equações de propagação de erros, gerando as incertezas esperadas para os pontos objeto de cada cena. A análise incluiu também as incertezas posicionais em função do diâmetro do feixe laser. Por fim, foi eleita a rede que melhor atendeu as expectativas do monitoramento do ponto de vista das precisões e da funcionalidade de coleta de dados em campo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luis A. Koenig Veiga, UFPR - Universidade Federal do Paraná

CV: http://lattes.cnpq.br/8051046375245837

Publicado
2019-09-25
Como Citar
GONÇALVES, ÉVELIN M.; VEIGA, L. A. K. Planejamento de Rede de Monitoramento de Estruturas Empregando-se LST (Laser Scanner Terrestre). Revista Brasileira de Cartografia, v. 71, n. 3, p. 906-933, 25 set. 2019.
Seção
Artigos de Revisão