Análise da Temperatura de Superfície e do Índice de Vegetação no Município de Belém na Identificação das Ilhas de Calor

  • Paulo Eduardo Silva Bezerra
  • Eiky Tatsuya Ishikawa de Moraes
  • Ismael Ramalho da Costa Soares
Palavras-chave: Ilhas de Calor, NDVI, Temperatura de Superfície

Resumo

As questões ambientais cada vez mais têm ganhado força e relevância no mundo. As mudanças climáticas, globais ou regionais, têm sido um problema crescente em vários pontos do planeta, principalmente em zonas urbanas e por isso têm-se aumentado pesquisas e estudos acerca das variáveis que afetam diretamente na alteração da temperatura e microclima urbano, visto que tais alterações implicam no conforto térmico da população e por vezes na saúde. Por essa perspectiva, o presente trabalho visa analisar nos anos de 2006 e 2016 a relação da Temperatura de Superfície de Terreno (TST) com o Ãndice de Vegetação (IV), através da utilização de dados de NDVI (Normalized Difference Vegetation Index) no município de Belém, no norte do Brasil. Foi utilizado também imagem do satélite Landsat 5 para o ano de 2006 e Landsat 8 para 2016, correspondente a órbita 223, ponto 261, para a geração de mapas temáticos. Constatou-se que os valores de NDVI se correlacionam com a TST, uma vez que os locais com menores IV ocasiona em maiores temperaturas, o que afeta no conforto térmico da população, criando ilhas de calor, principalmente na região central do município.
Publicado
2018-10-29
Seção
Artigos Originais