Avaliação da usabilidade do geoportal da infraestrutura de dados espaciais da Bahia (IDE-BA)

  • Elaine Gomes Vieira de Jesus UFBA
  • Patricia Lustosa Brito UFBA
  • Vivian de Oliveira Fernandes UFBA
Palavras-chave: Infraestrutura de Dados Espaciais (IDE). Visualizador de mapas. Testes de Usabilidade.

Resumo

As Infraestruturas de Dados Espaciais (IDE) representam ferramentas a partir das quais as instituições participantes disponibilizam os dados geoespaciais que produzem por meio de geoserviços. As IDEs possuem Geoportais e visualizadores de mapas que permitem o acesso do usuário aos dados. Sendo assim, este artigo avalia critérios de Usabilidade do Geoportal e Visualizador de Mapas da Infraestrutura de Dados Espaciais do Estado da Bahia (IDE Bahia). O teste de usabilidade foi realizado em setembro de 2017 com seis usuários de informações geoespaciais, professores de ensino superior e alunos de pós-graduação, da Universidade Federal da Bahia (UFBA) com o objetivo de avaliar critérios de usabilidade e mensurar a satisfação do usuário. Verificou-se que dentre as 7 tarefas básicas analisadas apenas duas atenderam plenamente os usuários, as demais 50% ou mais dos usuários não completaram as tarefas e se posicionaram insatisfeitos com a ferramenta. Com base nisso, o artigo apresenta alguns pontos a serem melhorados, para permitir uma interação mais eficiente e eficaz deste sistema com o usuário.

Biografia do Autor

Elaine Gomes Vieira de Jesus, UFBA
Licenciada e Bacharel em Geografia pela UFBA em 2012. Mestre em Engenharia Ambiental Urbana também pela UFBA (2015). Atualmente é Professora Substituta das disciplinas Topografia e Geoprocessamento na Escola Politécnica/UFBA. Atuou no Projeto de Fiscalização do Mapeamento do Município de Salvador em 2017. Em 2016 atuou como Analista de Informações Geográficas vinculada ao projeto de Riscos de Deslizamento da Defesa Civil de Salvador em parceira com a Universidade Federal da Bahia. Em 2015 participou do Projeto Sustainable Healthy Urban Environment - SHUE na área de Saúde e Meio Ambiente. Tem experiência na área de Geociências, com ênfase em Geoprocessamento. Realiza pesquisas na área de Cartografia, Mapas Digitais, Mapas Interativos e Usabilidade.
Patricia Lustosa Brito, UFBA
Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela UFBA, mestrado em Geografia pela UnB e Doutorado na área de Informações Espaciais pela Escola Politécnica da USP. Já trabalhou com planejamento e análise territorial na CONDER e Ministério das Cidades, em ONGs, em empresas e universidades privadas, na Louisiana State University e atualmente é Professora Adjunto DE no Departamento de Engenharia de Transportes e Geodésia, da Escola Politécnica da Universidade Federal da Bahia. Tem mais recentemente desenvolvido pesquisas na área de Infra estrutura de dados espaciais na Universidade, Sensoriamento remoto do espaço rubano, Mapeamento colaborativo e Novas geotecnologias para estudos na área de desastres.
Vivian de Oliveira Fernandes, UFBA
Professora Associada do Departamento de Engenharia de Transportes e Geodésia e Membro Permanente do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil (PPEC) na área de Informações Espaciais e do Mestrado profissional em rede nacional em Gestão e Regulação de Recursos Hídricos (ProfÁgua) na Universidade Federal da Bahia (UFBA). Líder do Grupo de Pesquisa em Análise e Representação de Dados Espaciais no CNPq. Engenheira Cartógrafa pela Universidade Federal do Paraná, Mestre e Doutora em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) com período sanduíche no Karlsruhe Institute of Technology (KIT). Atuação na área de Mapeamento principalmente nos seguintes temas: Aquisição, processamento e representação de dados espaciais.

Referências

ARA

BAHIA. Decreto Estadual n° 10.185 de 20 de dezembro de 2006. Institui o Portal de Informações Geoespaciais do Estado da Bahia, e dá outras providências. Diário Oficial do Estado da Bahia. Salvador: Poder Executivo, 2006. Disponível em: <http://geoportal.ide.ba.gov.br/geoportal/conteudo/institucional/DECRETO_10185_Geoportal.pdf>. Acesso em: 10 de abr. de 2018.

________. Lei nº 13.204 de 11 de dezembro de 2014 Modifica a estrutura organizacional da Administração Pública do Poder Executivo Estadual e dá outras providências. Diário Oficial do Estado da Bahia. Salvador: Poder Executivo, 2014. Disponível em: <http://www.secom.ba.gov.br/arquivos/File/LEI13204.pdf>. Acesso em: 15 de mai, de 2018.

________. Decreto Estadual nº 16.219 de 24 de julho de 2015. Dispõe sobre a produção, a manutenção, o compartilhamento de dados geoespaciais, seus metadados e sua disseminação, bem como, institui a Infraestrutura de Dados Espaciais da Bahia - IDE-Bahia e dá outras providências. Diário Oficial do Estado da Bahia. Salvador: Poder Executivo, 2015. Disponível em: <http://geoportal.ide.ba.gov.br/geoportal/conteudo/institucional/DECRETO_16219.pdf>. Acesso em: 12 de abr. de 2018.

________. Portaria n° 048 de 1 de agosto de 2017. Homologa o Plano de Ação da Infraestrutura de Dados Espaciais do Estado da Bahia (IDE-Bahia), aprovado pela Comissão Estadual de Cartografia e Geoinformação (CECAR) em 26 de outubro de 2016 que poderá ser acessado através do Geoportal IDE Bahia. Diário Oficial do Estado da Bahia, Salvador, 02 de ago. de 2017.

CAMBOIM, S. P. Arquitetura para Integração de Dados Interligados Abertos à INDE-BR. Curitiba: Universidade Federal do Paraná. 140 f. Tese (Doutorado em Ciências Geodésicas) - Programa de Pós-Graduação em Ciências Geodésicas, Setor de Ciências da Terra, Universidade Federal do Paraná, 2013.

DIAS, CLÁUDIA. Usabilidade na WEB: criando portais mais acessíveis. Editora Alta Books, Rio de Janeiro, 2003.

GSDI - Global Spatial Data Infrastructure Association. The SDI Cookbook, Version 2.0. 2004. Disponível em: <http://www.gsdi.org/gsdicookbookindex>. Acesso em: 30 maio 2018.

ISO - INTERNATIONAL ORGANIZATION FOR STANDARDIZATION. ISO 19115: geographic information

JESUS, E. G. V. Análise de usabilidade de mapas interativos nas atividades de ensino superior. Salvador: Universidade Federal da Bahia. 187 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Ambiental Urbana), Universidade Federal da Bahia. 2015.

LIMA, L.; JESUS, E. G. V.; BRITO, P. L. Utilização de geoserviços nas infraestruturas de dados espaciais. In: Simpósio Regional de Geoprocessamento e Sensoriamento Remoto (Geonordeste), 8., 2017, Salvador. Anais... Aracaju: Rede Sergipe de Geotecnologias, 2017.

LISBOA FILHO, J.; VEGI, L. F. M.; SOUZA, W. D.; LAMAS, J. P. C.; COSTA, G. L. S.; OLIVEIRA, W. M.; CARRASCO, R. S.; FERREIRA, T. G.; BAIA, J. W. Uma infraestrutura de dados espaciais para o projeto GeoMINAS com metadados definidos no perfil MGB da INDE. Revista Brasileira de Cartografia. Rio de Janeiro: Sociedade Brasileira de Cartografia, Geodésia, Fotogrametria e Sensoriamento Remoto, n. 65, v. 1, p. 123-138, jan./fev. 2013.

MACHADO, A. A.; CAMBOIM, S. P. Diagnóstico da perspectiva do usuário na criação de infraestruturas de dados espaciais subnacionais: estudo de caso para a Região Metropolitana de Curitiba. Revista Brasileira de Cartografia. Rio de Janeiro: Sociedade Brasileira de Cartografia, Geodésia, Fotogrametria e Sensoriamento Remoto, n. 68, v. 8, p. 1633-1651, set./out. 2016.

NASA. Task Load Index (TLX): computerized version (Version 1). Califórnia: Human Research Performance Group, 1986.

NIELSEN, J. Usability Engineering. EUA: AP PROFESSIONAL, 1993.

NOGUERAS-ISO, J.; ZARAZAGA-SORIA, F. J.; MURO-MEDRANO, P. R. Geographic information metadata for spatial data infrastructures. New York: Springer, 2005. 263p.

PAIX

SOUZA, F. A; SILVA, F. S; SILVA, H.R.F. Cadastro de metadados geoespaciais: experiencia no contexto da Infraestrutura de Dados Espaciais do Estado da Bahia. Bahia Análise e Dados. Salvador: Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia, v. 25, n. 4, pp. 753-772, 2015.

SOFTWARE USABILITY MEASUREMENT INVENTORY (SUMI). Disponível em: < http://sumi.ucc.ie/>. Acessado em 10 de jun de 2018.

WEBSITE ANALYSIS AND MEASURE MENT INVENTORY (WAMMI). Disponível em: <http://www.wammi.com/>. Acessado em 10 de jun de 2018.

WINCKLER, M. A.; PIMENTA, M. S. Avaliação de Usabilidade de Sites Web, em Escola de Informática da SBC Sul (ed) Sociedade Brasileira de Computação (SBC), Porto Alegre, pp. 85-137, 2002.

Publicado
2018-12-31
Seção
Edição Especial "Congresso Brasileiro de Cartografia"