Assessoria para inclusão de práticas sustentáveis em eventos da Universidade Federal do Triângulo Mineiro

  • Loretta Aparecida Leme das Neves Universidade Federal do Triângulo Mineiro
  • Bruna Lopes Coêlho Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Palavras-chave: Eventos sustentáveis, Assessoria, Universidade, Resíduos

Resumo

Devido à quantidade significativa de eventos que são realizados em universidades, como semanas acadêmicas, simpósios e congressos, aliados à grande geração de resíduos e impactos, justificam-se os esforços para promoção de práticas sustentáveis nesse setor. O trabalho foi desenvolvido na Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), campus Uberaba, no período de 2014 a 2016. No primeiro ano, foi elaborado o Guia de Eventos Sustentáveis da UFTM, no qual foram descritas práticas sustentáveis para serem inseridas no planejamento e execução de eventos vinculados à Universidade. Nos dois anos subsequentes, foi formada uma equipe, denominada Assessoria de Eventos Sustentáveis (Ases), com a função de assessorar esses eventos. Foram 37 eventos assessorados no total, sendo 5% classificados como “Não sustentáveis”, 68% como “Parcialmente Sustentáveis” e 27% como “Sustentáveis”. A assessoria de eventos foi extremamente positiva, pois influenciou as comissões quanto ao uso de práticas sustentáveis, como adoção de pastas feitas com banner reaproveitado, substituição de copos descartáveis por canecas duráveis, realização dos eventos em locais com acessibilidade e inserção de comidas veganas. No entanto, verificou-se resistência da comunidade acadêmica em aceitar a assessoria, motivada pela falta de conscientização socioambiental e preocupação com aumento de gastos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Loretta Aparecida Leme das Neves, Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Graduada em Engenharia Ambiental pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Minas Gerais, Brasil

Bruna Lopes Coêlho, Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Ciências da Engenharia Ambiental na Universidade de São Paulo, Brasil; professora do Departamento de Engenharia Ambiental da Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Minas Gerais, Brasil

Referências

ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR ISO 20121: Sistemas de gestão de sustentabilidade de eventos. Rio de Janeiro, 2012.

ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas. PE 239.01: Rótulo ecológico para eventos sustentáveis. Rio de Janeiro, 2013.

AICC - Associação Internacional de Congressos e Convenções. ICCA announces all-time record number of association meetings in 2016. Disponível em:<https://www.iccaworld.org/newsarchives/archivedetails.cfm?id=6607>. Acesso em: ago. 2017.

BARBOSA, A. C. Princípios do desenvolvimento sustentável na gestão de eventos. In: Anais do XXXII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. Curitiba, 4 a 7 de set., 2009.

BRASIL. Decreto no 7.746, de 5 de junho de 2012. Regulamenta o art. 3o da Lei no 8.666, de 21 de junho de 1993, para estabelecer critérios, práticas e diretrizes para a promoção do desenvolvimento nacional sustentável nas contratações realizadas pela administração pública federal, e institui a Comissão Interministerial de Sustentabilidade na Administração Pública

BRASIL. Instrução Normativa n° 10, de 12 de novembro de 2012. Estabelece regras para elaboração dos Planos de Gestão de Logística Sustentável de que trata o art. 16, do Decreto nº 7.746, de 5 de junho de 2012, e dá outras providências. Brasília: DOU de 14/11/2012b.

BRASIL. Lei n° 9.795, de 27 de abril de 1999. Dispõe sobre a educação ambiental, institui a Política Nacional de Educação Ambiental e dá outras providências. Brasília: DOU de 28/04/1999.

CONSELHO EMPRESARIAL PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL - BCSD Portugal. Guia para eventos sustentáveis. Disponível em: <http://www.bcsdportugal.org/wp-content/uploads/2013/10/Guia-para-Eventos-Sustentaveis.pdf>. Acesso em: 11 jan. 2018.

COSTA, D. F. A ISO 20121 e o papel do setor de eventos na sustentabilidade. In: Confederação Nacional de Comércio de Bens, Serviços e Turismo. Disponível em: <https://issuu.com/abeocnacional/docs/121218200528-ecd6db79afd6496abbf41b50f7836fda>. Acesso em: ago. 2017.

ELKINGTON, J. A teoria dos três pilares. São Paulo: Markron Books, 2001.

GOLOB, A.; LESJAK, M.; FABJAN, D.; JAKULIN, T. J.; STAMENKOVI

ICLEI - Governos Locais Pela Sustentabilidade. Manual para gestão integrada e sustentável de resíduos sólidos em eventos. Disponível em: <http://www2.recife.pe.gov.br/sites/default/files/manual_gestao_de_residuos_solidos.pdf>. Acesso em: jan. 2018.

IUCN - International Union for Conservation of Nature, UNEP - United Nations Environment Programme, WWF - World Wide Fund for Nature. The World Conservation Strategy: Living Resource Conservation for Sustainable Development. Disponível em: https://portals.iucn.org/library/sites/library/files/documents/WCS-004.pdf>. Acesso em: jul. 2016.

LEME, P. C. S; MORTEAN, A. F. Guia Prático para Organização de Eventos Mais Sustentáveis Campus USP de São Carlos. Disponível em: <http://www.ifsc.usp.br/~qualidade/qualidadewp/arquivos/guia_eventos_sustentaveis.pdf>. Acesso em: ago. 2017.

MARQUES, G. P.; LIMA, J. Z.; MESSAGE, L. B.; FRACASSI, L. B. Plano de Gestão de eventos sustentáveis no campus de São Carlos da USP. Disponível em:<http://docplayer.com.br/8271694-Plano-de-gestao-de-eventos-sustentaveis-no-campus-de-sao-carlos-da-usp.html>. Acesso em: ago. 2017.

MMA - Ministério do Meio Ambiente. Agenda Ambiental na Administração Pública. Disponível em: <http://www.mma.gov.br/estruturas/a3p/_arquivos/cartilha_a3p_36.pdf>. Acesso em: out. 2017.

PEREIRA, F. V. A.; ALVES, J. A. Eventos verdes: análise das ações de desenvolvimento sustentável para realização da Copa 2014 no Brasil. Revista Metropolitana de Sustentabilidade - RMS, 5, 110-128, 2015. Disponível em: http://www.revistaseletronicas.fmu.br/index.php/rms/article/view/350/pdf

PHILIPPI JR. A.; RUSCHMANN, D. V. M. Gestão Ambiente e Sustentabilidade no Turismo. São Paulo: Manole Conteúdo, 1. ed., 2010.

PICCIN, A. C.; DOWELL, D. M. Eventos mais sustentáveis. In: Matias, M. Planejamento, Organização e sustentabilidade em eventos: Culturais, sociais e esportivos. São Paulo: Manole Conteúdo, p. 204

PRESBURY, R.; EDWARDS, D. Incorporating sustainability in meetings and event management education. International Journal of Event Management Research,1(1), 30-45, 2005. Disponível em: http://www.ijemr.org/wp-content/uploads/2014/10/presburyedwards.pdf

RANZAN, E. M. A gestão da sustentabilidade em eventos: as orientações da NBR ISO 20121. Educação, Tecnologia e Cultura - E.T.C., 13, 1-14, 2015. Disponível em: http://www.publicacoes.ifba.edu.br/index.php/etc/article/view/3/6

SMITH-CHRISTENSEN, C. Sustainability as a concept within events. In: Raj, R.; Musgrave, J. Event management and sustainability. London: CAB International, p. 22- 30, 2009.

TRIGO A. G. M.; SENNA J. S. M. Sustentabilidade em eventos: características, motivações e análise de eventos sustentáveis. In: XII Congresso Nacional de Excelência em Gestão & III Inovarse - Responsabilidade Social e Aplicada. Rio de Janeiro, 29 a 30 de set., 2016.

UFTM - Universidade Federal do Triângulo Mineiro. Pró-Reitoria de Planejamento. Anuário UFTM 2016. Disponível em: <http://www.uftm.edu.br/proplan/informacoes-institucionais/anuarios>. Acesso em: out. 2017.

Publicado
2019-09-18
Como Citar
NEVES, L. A. L. DAS; COÊLHO, B. L. Assessoria para inclusão de práticas sustentáveis em eventos da Universidade Federal do Triângulo Mineiro. Revista Em Extensão, v. 18, n. 1, p. 34-62, 18 set. 2019.
Seção
Artigos Originais