A importância do conhecimento sobre Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) pelos adolescentes e a necessidade de uma abordagem que vá além das concepções biológicas

Palavras-chave: Jovens, Educação sexual, IST

Resumo

A incidência de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) é um problema de saúde pública mundial. Estatísticas apontam que 1/3 dos portadores de HIV/AIDS são jovens de 10 a 24 anos. Sendo estes os disseminadores de conhecimento para as gerações futuras, faz-se necessário investir em programas de educação sexual, visando à prevenção e melhora no quadro mundial de IST. Por meio da ação de extensão “Programa Jovem com Saúde: Universidade e escolas públicas na prevenção de IST”, este trabalho teve como objetivo levar informações a adolescentes do Ensino Médio de uma escola de São João del-Rei sobre as IST, gerar discussões visando estimular o pensamento crítico e a autonomia dos alunos acerca do tema e complementar a ação da escola na promoção de uma educação sexual de qualidade. Foram realizadas palestras e dinâmicas sobre IST, gravidez, métodos contraceptivos e sexo. As dinâmicas basearam-se em afirmativas que os adolescentes julgariam como corretas ou incorretas, prosseguidas por discussão. Os resultados mostraram um conhecimento superficial dos alunos sobre as doenças em questão, o que pode ser resultado do não aprofundamento do tema, associado ao estigma que o envolve. Conclui-se que investir em educação sexual de qualidade é o caminho para a solução deste problema.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Natália Lopes Chaves Ciriaco, Universidade Federal de São João del-Rei

Graduada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de São João del-Rei, Minas Gerais, Brasil

Luiza Aparecida Ansaloni Chagas Pereira, Universidade Federal de São João del-Rei

Mestranda em Ciências Morfofuncionais na Universidade Federal de São João del Rei, Minas Gerais, Brasil

Paulo Henrique Almeida Campos-Júnior, Universidade Federal de São João del-Rei

Pós-Doutorado em Biologia Celular pela Northeastern University, Boston, EUA; professor adjunto do Departamento de Ciências Naturais da Universidade Federal de São João del Rei, Minas Gerais, Brasil

Raquel Alves Costa, Universidade Federal de São João del-Rei

Pós-doutora em Biologia Celular pela Universidade Federal de Minas Gerais, Brasil; professora adjunta do Departamento de Ciências Naturais da Universidade Federal de São João del-Rei, Minas Gerais, Brasil

Referências

ALMEIDA, Maria Rita de Cássia Barreto de & LABRONICI, Liliana Maria. A trajetória silenciosa de pessoas portadoras do HIV contada pela história oral. 2004. 11p. Recorte de dissertação, Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Curitiba PR, 2006.

BR

BORGES, Ana Luiza Vilela & SCHOR, Néia. Início da vida sexual na adolescência e relações de gênero: um estudo transversal em São Paulo, Brasil. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro RJ, v. 21, n. 2, mar./abr. 2005, p. 501-503.

CODES, José Santiago de; COHEN, Deborah Ann; MELO, Neli Almeida de; TEIXEIRA, Guilherme Gonzaga; LEAL, Alexandre dos Santos; SILVA, Tiago de Jesus & OLIVEIRA, Miucha Pereira Rios de. Detecção de doenças sexualmente transmissíveis em ambientes clínicos e não clínicos na cidade de Salvador, Bahia, Brasil. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro RJ, v. 22, n. 2, 2006, p. 325-334.

GERHARDT, Caroline Reis; NADER, Silvana Salgado & PEREIRA, Denise Neves. Doenças sexualmente transmissíveis: conhecimento, atitudes e comportamento entre os adolescentes de uma escola pública. Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade, Rio de Janeiro RJ, v. 3, n. 12. 2008, p. 266.

MARTINS, Laura Bernardi Motta. Conhecimento, atitude e prática sobre métodos anticoncepcionais, prevenção de DST/AIDS em adolescentes de escolas públicas e privadas do município de São Paulo. 2005. 128 p. Dissertação de Mestrado, Faculdade de Ciências Médicas da UNICAMP. Campinas SP, 2005.

MINIST

MINIST

MINIST

OLIVEIRA, Denize Cristina; PONTES, Ana Paula Munhen de; GOMEZ, Antônio Marcos Tosoli & RIBEIRO, Monique Carvalho Marrafa. Conhecimentos e práticas de adolescentes acerca das DST/HIV/AIDS em duas escolas públicas municipais do Rio de Janeiro. Escola Anna Nery Revista de Enfermagem, Rio de Janeiro RJ, v. 13, n. 4, out./dez. 2009, p. 834.

PAR

SANTOS, Sônia Maria J.; RODRIGUES, Jailson Alberto.; CARNEIRO, Wendell S. Doenças sexualmente transmissíveis: Conhecimento de alunos do ensino médio. DST - Jornal Brasileiro de Doenças Sexualmente Transmissíveis. Rio de Janeiro RJ, v. 21, n. 2, 2009, p. 63-68.

SOUSA, Leilane Barbosa de; PINHEIRO, Ana Karina Bezerra; BARROSO, Maria Grasiela Teixeira. Ser mulher portadora do HPV: uma abordagem cultural. Revista Escola Enfermagem, São Paulo SP, v. 42, n. 4, 2008, p. 737-743.

SOUZA, M.; BRUNINI, S., Programa educativo sobre sexualidade e DST: Relato de experiência com um grupo de adolescentes. Revista brasileira de Enfermagem, Brasília DF, v. 60, n. 1, 2007, p. 102-105.

WHO - WORLD HEALTH ORGANIZATION. Global prevalence and incidence of selected curable Sexually Transmitted Infections overview and estimates. Geneva: WHO, 2001, p. 6.

Publicado
2019-09-18
Como Citar
CIRIACO, N. L. C.; PEREIRA, L. A. A. C.; CAMPOS-JÚNIOR, P. H. A.; COSTA, R. A. A importância do conhecimento sobre Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) pelos adolescentes e a necessidade de uma abordagem que vá além das concepções biológicas. Revista Em Extensão, v. 18, n. 1, p. 63-80, 18 set. 2019.
Seção
Artigos Originais