Educação popular em saúde e planejamento participativo na Educação Física Escolar

  • Luciana Santos Collier Universidade Federal Fluminense
Palavras-chave: Educação Física Escolar, Promoção da Saúde, Diálogo, Problematização, Empoderamento

Resumo

Este texto tem como objetivo apresentar reflexões sobre as relações entre a Educação Física Escolar e as concepções de promoção da saúde e educação popular em saúde, quando a metodologia do planejamento participativo é utilizada. A investigação foi construída num processo de ação-reflexão-ação e apresentada no diálogo entre o referencial teórico da área e o relato da experiência pedagógica, cujas ações se apoiaram nos pilares: diversidade de conteúdos; desenvolvimento da autonomia e aplicação do conhecimento dentro e fora da escola. Utilizando a metodologia do planejamento participativo, os conhecimentos sobre cultura corporal são ampliados, possibilitando, desta forma, a organização autônoma dos alunos nas experiências vivenciadas em diferentes espaços, dentro e fora da escola. Assim, educação popular em saúde e o planejamento participativo se encontram no diálogo e na problematização, colaborando com o empoderamento comunitário, imprescindível para a promoção da saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciana Santos Collier, Universidade Federal Fluminense

Doutora em Ensino em Biociências e Saúde pelo Instituto Oswaldo Cruz/Fiocruz, Rio de Janeiro, Brasil, com estágio pós-doutoral em Promoção da Saúde em Escolas, Universidade de La Rioja, Espanha; professora da Universidade Federal Fluminense, Rio de Janeiro, Brasil;  membro dos grupos de pesquisa Schools for Health in Europe (SHE) e Clínica em Epidemiologia e Tecnologias Inovadoras em Saúde (Fiocruz).

Referências

ALMEIDA, Ueberson Ribeiro; OLIVEIRA, Victor José Machado; BRACHT, Valter. Educação Física Escolar e o trato didático-pedagógico da saúde: desafios e perspectivas. In WACHS, Felipe; ALMEIDA, Ueberson Ribeiro; BRANDÃO, Fabiana F. de Freitas (orgs.)
Educação Física e Saúde Coletiva: cenários, experiências e artefatos culturais. Porto Alegre: Rede UNIDA, 2016. 379 p.
BADZIAK, Rafael Policarpo Fagundes; MOURA, Victor Eduardo Viana. Determinantes sociais da saúde: um conceito para efetivação do direito à saúde. Revista de Saúde Pública de Santa Catarina, v. 3, n. 1, p. 69-79, 2010.
BETTI, Mauro. Sobre teoria e prática: manifesto pela redescoberta da educação física. Revista Digital. Buenos Aires, v. 90, 2005.
CAPARROZ, Francisco Eduardo; BRACHT, Valter. O tempo e o lugar de uma didática da educação física. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, v. 28, n. 2, p. 21-37, 2007.
CARVALHO, Sérgio Resende. As contradições da promoção à saúde em relação à produção de sujeitos e a mudança social. Ciência & Saúde Coletiva, v. 9, p. 669-678, 2004.
CASTELLANI FILHO, Lino. Educação física no Brasil: a história que não se conta.
14. ed. Campinas: Papirus, 2007.
COLLIER, Luciana Santos. Gestão democrática na escola pública: possibilidades de práticas coletivas no ensino de Educação Física Escolar. 95 p. 2009. Dissertação (Mestrado em Educação, Cultura e Comunicação) – Universidade do Estado Rio de Janeiro.
CORDEIRO, Joselma Cavalcanti et al. A promoção da saúde e a estratégia de cidades saudáveis: um estudo de caso em Recife-Pernambuco. 2008. Tese de Doutorado (Doutorado em Saúde Pública) – Fundação Oswaldo Cruz.
DEVIDE, Fabiano Pries. A educação física escolar como via de educação para a saúde. A saúde em debate na Educação Física, v. 1, p. 137-150, 2003.
FARIA, Bruno de Almeida; BRACHT, Valter; DA SILVA MACHADO, Thiago. Inovação pedagógica na educação física: o que aprender com práticas bem-sucedidas?. Ágora para la Educación Física y el Deporte, v. 12, n. 1, p. 11-28, 2010.
FARINATI, Paulo de Tarso Veras; FERREIRA, Marcos. Saúde, promoção da saúde e Educação Física: conceitos, princípios e aplicações. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2006.
FREIRE, P. Pedagogia do Oprimido. 41. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2005.
FREIRE, Marilia. Educação Física Escolar: desafios e compromissos de uma experiência crítica e democrática. Cadernos de Formação RBCE, v. 4, n. 2, 2014.
GAZZINELLI, Maria Flávia et al. Educação em saúde: conhecimentos, representações sociais e experiências da doença. Cadernos de Saúde Pública, v. 21, p. 200-206, 2005.
KNUTH, Alan Goularte; AZEVEDO, Mario Renato; RIGO, Luiz Carlos. A inserção de temas transversais em saúde nas aulas de educação física. Revista Brasileira de Atividade Física & Saúde, v. 12, n. 3, p. 73-78.
KUNZ, Elenor. Transformação didático-pedagógica do esporte. Ijuí: Unijuí, 1994.
MEYER, Dagmar E. Estermann et al. " Você aprende. A gente ensina?": interrogando relações entre educação e saúde desde a perspectiva da vulnerabilidade. Cadernos de saúde Pública, v. 22, p. 1335-1342, 2006.
MOREIRA, Janine et al. Educação popular em saúde: a educação libertadora mediando a promoção da saúde e o empoderamento. Revista Contrapontos, v. 7, n. 3, p. 507-521, 2009.
OLIVEIRA, A. A. B. (2004) O tema saúde na Educação Física escolar: uma visão patogênica ou salutogênica? In: KUNZ, E.; Hildebrandt-Stramann, R. Intercâmbios científicos internacionais em educação física e esportes. (pp. 241-259), Ijuí: UNIJUI.
OLIVEIRA, Victor José Machado; GOMES, Ivan Marcelo; BRACHT, Valter. Educação para a saúde na educação física escolar: uma questão pedagógica!. Cadernos de formação RBCE, v. 5, n. 2, 2015.
ORGANIZAÇÃO PANAMERICANA DE SAÚDE. Escolas promotoras da saúde: fortalecimento da iniciativa regional. Estratégias e linhas de ação 2003-2012. Washington: OPS/OMS. 2003. Disponível em: http://www.cepis.opsoms.org/bvsdeescuelas/fulltext/EPSportu.pdf. Acesso em: 17 mar. 2018.
SOARES, Carmen Lúcia. Educação física: raízes europeias e Brasil. 2. ed. Campinas, Autores Associados, 2001.
VERDI, Marta; CAPONI, Sandra. Reflexões sobre a promoção da saúde numa perspectiva bioética. Texto & Contexto Enfermagem, v. 14, n. 1, 2005.
VIEIRA, Andre Guirland et al. A escola enquanto espaço produtor da saúde de seus alunos. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, v. 12, n. esp., p. 916-932, 2017.
Publicado
2020-03-13
Como Citar
COLLIER, L. S. Educação popular em saúde e planejamento participativo na Educação Física Escolar. Revista de Educação Popular, v. 19, n. 1, p. 230-245, 13 mar. 2020.
Seção
Relatos de experiência