A educação-pedagogia no cárcere, no contexto da pedagogia social: definições conceituais e epistemológicas

Antonio Pereira

Resumo


Este artigo trata da Educação-Pedagogia no Cárcere em seus aspectos conceituais e epistemológicos, situando-a no contexto da Pedagogia Social. Analisa as relações históricas entre sociedade, prisão, sistema carcerário brasileiro e educação. Advoga uma Educação no Cárcere na perspectiva da Pedagogia Social, a começar pela diferenciação conceitual entre Educação no Cárcere e Educação do Cárcere, bem como pela defesa do princípio educativo – ressocialização da pessoa presa a partir da dialética como possibilidade teórica dessa educação para que ela seja um espaço de emancipação desses sujeitos em situação de privação da liberdade.

Palavras-chave


Sociedade; Prisão; Sistema Carcerário Nacional; Educação-Pedagogia no Cárcere; Pedagogia Social

Texto completo:

PDF