Interação humano-animal

o apego interespécie

  • Luiza Alves Faculdade IENH, Novo Hamburgo (RS)
  • Simone Steyer Faculdade IENH, Novo Hamburgo (RS)
Palavras-chave: Apego, Bem-estar, Animais de Estimação, Vínculo

Resumo

Este estudo investigou as relações e os comportamentos de apego que os humanos desenvolvem na interação com seus animais de estimação por meio de uma entrevista individual e semiestruturada com seis participantes de 23 a 56 anos de idade. Os dados coletados foram analisados por meio da análise de conteúdo, e os resultados confirmam pesquisas anteriores que apontam fortes vínculos entre humanos e seus animais de estimação, incluindo características como senso de responsabilidade, bem-estar e processo de luto diante da perda do animal. Neste sentido, este estudo aponta que a interação entre humanos e seus 
animais apresenta evidências que sustentam a importância da continuidade de pesquisas nesta área, uma vez que a relação interespécie pode promover bem-estar aos humanos, assim como práticas em diferentes modalidades e atividades terapêuticas no campo da clínica ampliada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiza Alves, Faculdade IENH, Novo Hamburgo (RS)

Graduada em Psicologia pela Faculdade IENH, de Novo Hamburgo (RS) .

Simone Steyer, Faculdade IENH, Novo Hamburgo (RS)

Doutora em Psicologia do Desenvolvimento pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Professora do curso de graduação em Psicologia pela Faculdade IENH, de Novo Hamburgo (RS).

Publicado
2020-01-04
Como Citar
Alves, L., & Steyer, S. (2020). Interação humano-animal. Perspectivas Em Psicologia, 23(2), 124 - 142. Recuperado de http://www.seer.ufu.br/index.php/perspectivasempsicologia/article/view/52223