Oficinas interativas para idosos em instituição de longa permanência

  • Eliane de Siqueira Gonçalves Centro Universitário do Leste de Minas Gerais – UNILESTE – Coronel Fabriciano - MG
  • Sebastião Marcelino Sousa Centro Universitário do Leste de Minas Gerais – UNILESTE – Coronel Fabriciano - MG
  • Antônio Honório Ferreira
Palavras-chave: Instituição de longa permanência, Psicologia, Intervenção Psicossocial, Idosos

Resumo

O artigo expõe uma experiência de prática de estágio, tendo como objetivo proporcionar qualidade de vida e dignidade a idosos inseridos em uma instituição de longa permanência, a partir de oficinas interativas. Os trabalhos foram desenvolvidos a partir do método de intervenção psicossocial de oficinas em dinâmica de grupo. Durante as observações, muitos idosos mostraram apáticos e frágeis, porém como resultado das intervenções, ao serem estimulados, denotaram potencialidades e desejo de sair do sedentarismo e do rótulo de incapazes a eles atribuídos. É possível considerar que os idosos daquela instituição, apesar de serem bem acompanhados por uma equipe multiprofissional, ainda necessitam de uma atenção mais individualizada, considerando sua subjetividade e particularidade nos desafios que encontram no dia-a-dia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eliane de Siqueira Gonçalves, Centro Universitário do Leste de Minas Gerais – UNILESTE – Coronel Fabriciano - MG

graduada em psicologia pelo Centro Universitário do Leste de Minas GeraisUNILESTEMG (2018).

Sebastião Marcelino Sousa, Centro Universitário do Leste de Minas Gerais – UNILESTE – Coronel Fabriciano - MG

Graduando em Psicologia pelo Centro Universitário do Leste de Minas Gerais,
UNILESTEMG, Brasil.

Publicado
2020-01-02
Como Citar
de Siqueira Gonçalves, E., Sousa, S. M., & Ferreira, A. H. (2020). Oficinas interativas para idosos em instituição de longa permanência. Perspectivas Em Psicologia, 23(2), 86 - 102. Recuperado de http://www.seer.ufu.br/index.php/perspectivasempsicologia/article/view/52214