Anorexia e bulimia: uma reflexão psicanalítica

  • Gerusa Marcondes Pimentel de Abreu Lima Universidade Estadual de Campinas - Campinas
Palavras-chave: Anorexia nervosa, Bulimia nervosa, Psicoterapia, Psicanálise.

Resumo

Objetivou-se neste artigo refletir sobre a teoria psicanalítica dos transtornos alimentares e os seus efeitos no campo psíquico e subjetivo dos indivíduos doentes, evidenciando a anorexia e bulimia. Freud observou que as cobranças da realidade levam as crianças a entrarem em contato com a falta e com a perda, partindo desta perspectiva, o que se sobressai é a falta desse objeto. Nesse caso, a falta está relacionada à castração da mãe que levará a criança a prosseguir para o desenvolvimento de sua subjetividade e consequentemente, ao seu psiquismo. A angústia de perda é destruidora, pois se perde algo de que ela depende integralmente. Estes são um dos mecanismos apresentados as pacientes com transtornos alimentares.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gerusa Marcondes Pimentel de Abreu Lima, Universidade Estadual de Campinas - Campinas
Departamento de Enfermagem/ Unicamp - NUPEQS e no Laboratório Clínico Qualitativo. Departamento de Psicologia Médica e Psiquiatria da FCM/ Unicamp- LPCQ

Referências

Aimez, P. (1979). Psichopatologie da L´alimentation quotidienne. Em La nourriture Reviue Communications, Editions du Seuil, 31(1), 93-106. Disponível em: http://www.persee.fr/doc/comm_0588-8018_1979_num_31_1_1471. Acessado: 15.11.2017.

Bucaretchi, H. A. (2003). Anorexia e bulimia nervosa: Uma constituição Psíquica.. Anorexia e bulimia nervosa: Uma visão Multidisciplinar. (1a ed.). São Paulo: Casa do Psicólogo.

Bidaud, E. (1998). Anorexia mental, ascese, mística. Trad. Dulce Duque Estrada. Rio de Janeiro: Companhia de Freud.

Conde, E. R. (2007).

Cordás, T. A. & Claudino, A. M. (2002). Transtornos alimentares: fundamentos históricos. Revista Brasileira de Psiquiatria, 24 (3) 3-6. Disponível em: https://dx.doi.org/10.1590/S1516-44462002000700002 ; Acessado: 15/11/2017.

Dolto, F. (2010). A imagem inconsciente do corpo. Trad. Noemi Moritz e Marise Levy.( 2a ed. da 3ª reimpressão). São Paulo: Perspectiva.

Fernandes, M. H. (2012). Transtornos alimentares: Anorexia e bulimia. (2 a ed.). São Paulo: Casa do Psicólogo.

Freud, S. (1886/1996). Publicações pré-psicanalíticas e esboços inéditos. Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud, vol I, Rio de Janeiro: Editora Imago. (Original publicado em 1886-1889).

Freud, S. (1893/1996). Estudos sobre a histeria. Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud, vol II, Rio de Janeiro: Editora Imago. (Original publicado em 1893-1895).

Freud, S. (1893/1996). Primeiras publicações psicanalíticas. Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud, vol III, Rio de Janeiro: Editora Imago. (Original publicado em 1893-1899).

Freud, S. (1905). A sexualidade Infantil. Em: Um Caso de Histeria e Três ensaios sobre a teoria da sexualidade. Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud, vol XII, Rio de Janeiro: Editora Imago. (Original publicado em 1905).

Groot, J. & Rodin, G. (1998). Coming alive: the psychotherapeutic treatment of patients with eating disorders. Can J Psychiatry, 43, 359-66. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/9598272; Acesso: 15/11/2017.

Lemos, M. C. V. L (2004). O corpo desabitado: Um caso de bulimia. Bol. form. psicanal, 12(1), 67-80. Disponível em: http://pesquisa.bvs.br/brasil/resource/pt/psi-36635; Recuperado: 01abr.2013.

Lima, N. L.; Rosa, C. O. & Rosa, J.F.V. (2012). Identificação de fatores de predisposição aos transtornos alimentares. Estudos. Estudos e pesquisas em psicologia, 12(2), 360-378. Disponível em: http://www.redalyc.org/artuculo.oa?id=45844638003; Acesso:15/11/207.

Oliveira, M.D. (2001). O impasse narcísico na bulimia nervosa. Mudanças Psicoterapêuticas e Estudos Psicossociais, 9(15), 13-26.

Rio, C. (2008). A recusa da mulher: a anorexia na estrutura histérica. Psicologia.com.pt. O Portal do Psicólogo, 1-9 .Disponível em: www.psicologia.pt/artigos/textos/A0420.pdf ;Acesso:15/11/2017.

Weinberg. C. (2010). Do ideal ascético ao ideal estético: a evolução histórica da anorexia nervosa. Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, 13(2),224-237. Disponível:http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-47142010000200005&lng=en&nrm=iso; Acesso em: 15/11/2017.

Zerbe, K.J. (2001). The crucial role of psychodynamic understanding in the treatment of eating disorders. Psychiatr Clin N Am, 24, 305-13. Disponível: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/11416930 ; Acesso em: 15/11/2017.

Publicado
2018-12-31
Como Citar
Lima, G. M. P. de A. (2018). Anorexia e bulimia: uma reflexão psicanalítica. Perspectivas Em Psicologia, 22(2). https://doi.org/10.14393/PPv22n2a2018-02