FORMAÇÃO DO PSICÓLOGO HUMANISTA: REVISÃO SISTEMÁTICA

  • Paulo Coelho Castelo Branco Universidade Federal da Bahia
  • Gabriel Nery Matos Universidade Federal da Bahia
  • Alexandre Gregório Silva Sampaio Universidade Federal da Bahia
  • Bruna Rocha Amaral Universidade Federal da Bahia
Palavras-chave: fenomenologia, formação do psicólogo, psicologia humanista, revisão de literatura.

Resumo

Analisamos artigos sobre a formação do psicólogo humanista nas bases SciELO e PePSIC, segundo uma revisão sistemática. Catalogamos oito artigos conforme título, autor(es), base de dados, periódico, ano, área, tipo de estudo, objetivo e resultado do estudo. Os resultados demonstraram: hegemonia de produções em um periódico humanista; predominância de publicações no PePSIC; concentração de discussões clínicas; tendência para utilizar referenciais humanistas-fenomenológicos-existenciais em pesquisas empíricas e teóricas. Discutimos eixos temáticos relacionados: a formação técnica e a formação experiencial; à clínica como um lugar de (trans)formação pessoal e social; à horizontalidade formador-formando; ao plantão psicológico e a versão de sentido como recursos formativos. Concluímos que o tema carece de pesquisas empíricas e teóricas, sobretudo no âmbito extra-acadêmico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo Coelho Castelo Branco, Universidade Federal da Bahia
Curso de Psicologia, Instituto Multidisciplinar em Saúde
Gabriel Nery Matos, Universidade Federal da Bahia
Curso de Psicologia, Instituto Multidisciplinar em Saúde
Alexandre Gregório Silva Sampaio, Universidade Federal da Bahia
Curso de Psicologia, Instituto Multidisciplinar em Saúde.
Bruna Rocha Amaral, Universidade Federal da Bahia
Curso de Psicologia, Instituto Multidisciplinar em Saúde.

Referências

Breschigliari, J., & Jafelice, G. (2015). Plantão Psicológico: ficções e reflexões. Psicologia: Ciência e Profissão, 35(1), 225-237. DOI: 10.1590/1982-3703000112014.

Carvalho, L., Alves, A., Passos, C., Lopes, F., Holanda, R., & Moreira, V. (2015). A ética do cuidado e o encontro com o futuro no contexto de uma clínica-escola em Fortaleza. Revista da Abordagem Gestáltica, XXI(1), 01-12.

Costa, A., & Zoltowski, A. (2014). Como escrever um artigo de revisão sistemática. InS. Koller., M. Couto., & J. Hohendorff (Orgs.), Manual de produção científica (55-70). Porto Alegre: Penso, 2014.

Dutra, E. (2013). Formação do psicólogo clínico na perspectiva fenomenológico-existencial: dilemas e desafios em tempos de técnicas. Revista da Abordagem Gestáltica, XIX(2), 205-211.

Helou, F. (2015). Frederick Perls, vida e obra em busca da Gestalt-Terapia. São Paulo: Summus.

Maia, J., Freire, J., & Oliveira, M. (2012).

Packer, A., Cop, N., Luccisano, A., Ramalho, A., & Spinak, E. (Orgs.). (2014). SciELO

Paparelli, R., & Nogueira-Martins, M. (2007). Psicólogos em formação: vivências e demandas em plantão psicológico. Psicologia: Ciência e Profissão, 27(1), 64-79. DOI: 10.1590/s1414-98932007000100006.

Rogers, C. (1977). Psicoterapia e relações humanas

Rogers, C. (1983). Um jeito de ser. São Paulo: EPU.

Sá, R., Azevedo Junior, O., & Leite, T. (2010). Reflexões fenomenológicas sobre a experiência de estágio e supervisão clínica em um serviço de psicologia aplicada universitário. Revista da Abordagem Gestáltica, XVI(2), 135-140.

Soares, L. (2009). A Gestalt-Terapia na universidade: da f(ô)rma à boa forma. Estudos e Pesquisas em Psicologia, 9(1),152-163. DOI: 10.12957/epp.2009.9141.

Society for Humanistic Psychology. Division 32. (2017). Disponível em:

Sousa, V., & Cury, V. (2009). Psicologia e atenção básica: vivências de estagiários na Estratégia de Saúde da Família. Ciência & Saúde Coletiva, 14(1), 1429-1438. DOI: 10.1590/S1413-81232009000800016.

Taylor, E., & Martin, F. (2001). Humanistic psychology at the crossroads. InK. Schneider., J. Bugental., & J. Pierson (Eds.),The handbook of humanistic psychology: leading edges in theory research and practice (21-28). ThousandsOak, California: Sage. DOI: 10.4135/9781412976268.n2.

Yamamoto, O.; Costa, A. (Orgs). (2010). Escritos sobre a profissão de psicólogo no Brasil. Natal: EDUFRN.

Publicado
2017-06-26
Como Citar
Branco, P. C. C., Matos, G. N., Sampaio, A. G. S., & Amaral, B. R. (2017). FORMAÇÃO DO PSICÓLOGO HUMANISTA: REVISÃO SISTEMÁTICA. Perspectivas Em Psicologia, 21(1). https://doi.org/10.14393/PPv21n1a2017-06