Educação musical, tecnologias e pandemia

reflexões e sugestões para o ensino de música em meio à Covid-19

  • Matheus Henrique da Fonseca Barros Instituo Federal do Sertão Pernambucano
Palavras-chave: Educação musical, tecnologias, ensino remoto emergencial, Covid-19.

Resumo

O presente artigo apresenta reflexões e sugestões para o ensino de música durante o período da pandemia da Covid-19. O texto traz um breve panorama das medidas tomadas pelas autoridades sanitárias, suas consequências no campo da educação, culminando no conceito de ensino remoto emergencial e suas especificidades na prática do professor de música, encaminham-se nas seguintes vertentes: a necessidade de mudança conceitual dos educadores musicais em busca do reconhecimento e validação das práticas músicas geradas pela cultura participativa digital; a observação das realidades e contextos específicos de atuação docente, em especial, a consideração de fatores socioeconômicos que permitam o desenvolvimento coerente de atividades de ensino-aprendizagem musical remotas; o reconhecimento da importância das redes colaborativas profissionais na difusão e compartilhamento de práticas pedagógico-musicais condizentes com o ensino remoto emergencial de música. Os pensamentos e propostas apresentados têm um caráter transitório e emergencial, porém, ressalta-se a pertinência dos mesmos no retorno às aulas presenciais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Matheus Henrique da Fonseca Barros, Instituo Federal do Sertão Pernambucano
Doutorando em Música (UFPB) Mestre em Educação (UFPE) Professor do curso de Licenciatura em Música do Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IF Sertão PE) - Campus Petrolina.
Publicado
2020-07-24
Como Citar
da Fonseca Barros, M. H. (2020). Educação musical, tecnologias e pandemia . OuvirOUver, 16(1), 292-304. https://doi.org/10.14393/OUV-v16n1a2020-55878