Apresentação

Palavras-chave: territórios, artes visuais, arte contemporânea, geografia.

Resumo

O dossiê “Geografias sensíveis: paisagens, territórios, fronteiras” traz artigos escritos por pesquisadores do campo das artes e áreas afins, que buscam problematizar a percepção de fenômenos sócio-espaciais operada pela prática artística.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ronaldo Macedo Brandão, Universidade Federal de Uberlândia - MG Brasil

Doutor em Arte e Design pela Universidade do Porto/ Portugal (2015). O Título foi revalidado em 2016 pela Universidade Federal de Minas Gerais como Doutor em Arte. Mestre em Arte pela Universidade de Campinas (2001). Graduado em Artes Plásticas (Pintura e Fotografia) pela Universidade do Estado de Minas Gerais (2010). Possui licenciatura (1991) e graduação (1989) em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Minas Gerais. Artista pesquisador em artes visuais. Desenvolve pesquisa teórica e prática em arte contemporânea voltadas às questões sobre fronteiras territoriais associadas a demarcação e formas de ocupação. Sua produção artística apresenta trabalhos de pintura, desenho, escultura, fotografia, vídeo, instalação, vídeo-instalação e site specific. Tem exposições realizadas em espaços no Brasil e exterior como: Galeria SESC Paulista - São Paulo, Museu de Arte de Americana - São Paulo, El Museo Del Barrio (Nova York, Estados Unidos), Galeria de Arte do Museu da Faculdade de Belas Artes do Porto - Portugal. Portfólio digital: http://ronaldomacedobrandao.blogspot.com.br. Atualmente, é professor efetivo de Desenho do Instituto de Artes da Universidade Federal de Uberlândia e desenvolve projeto de pós-doutorado junto à Pós-Graduação em Arte, Cultura e Linguagens do Instituto de Arte e Design da Universidade Federal de Juiz de Fora.

Tatiana Sampaio Ferraz, Universidade Federal de Uberlândia - MG Brasil

Tatiana Sampaio Ferraz é doutora pelo Programa de Pós-Graduação em História e Fundamentos da Arquitetura e do Urbanismo da FAU-USP em 2018, com projeto de pesquisa financiado com bolsa Capes. Mestre em História da Arte pelo Departamento de Artes Plásticas da ECA-USP (2006). Bacharel em Artes Plásticas pelo Instituto de Artes da Unesp (2000). Paralelamente, cursou Arquitetura e Urbanismo na FAAP (1996-1998) e na Escola da Cidade (2002-2007). É Docente de Escultura do curso de Artes Visuais da Universidade Federal de Uberlândia desde 2016. Como artista, desenvolve um trabalho voltado principalmente para a questão urbana, operando na interface entre as disciplinas de artes, arquitetura e urbanismo, a partir de diversas linguagens, como objetos, instalações e intervenções. Além da prática artística e da docência, tem experiência nas áreas de pesquisa e organização de acervos e arquivos de arte, bem como edição de publicações especializadas e de catálogos de exposições.

Publicado
2020-07-23
Como Citar
Brandão, R. M., & Sampaio Ferraz, T. (2020). Apresentação . OuvirOUver, 16(1), 12-15. Recuperado de http://www.seer.ufu.br/index.php/ouvirouver/article/view/54477
Seção
Dossiê Geografias sensíveis: paisagens, territórios, fronteiras