Processos Interacionais na Educação Musical: reflexão sobre a aula de instrumento musical

  • Antonio Chagas Universidade Federal do Cariri (UFCA) Juazeiro do Norte CE Brasil

Resumo

Este artigo busca apresentar reflexões sobre o processo de interação social durante uma aula de música. Para isso, será apresentado uma breve revisão de literatura tanto de conceitos sociológicos pertinentes ao tema quanto trabalhos na área da música que versam sobre esta temática. Em seguida, será apresentado trechos da análise de uma aula particular de violino, efetuados durante uma pesquisa de doutorado ( 2018) que buscou compreender as interações sociais construídas durante uma aula de instrumento musical para crianças. Como fundamentação teórica, utilizou-se os conceitos de Goffman (2010). Por meio das análises, foi possível compreender que os comportamentos dos indivíduos agem e moldam a interação estabelecida, em um processo constante de retroalimentação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antonio Chagas, Universidade Federal do Cariri (UFCA) Juazeiro do Norte CE Brasil
Possui graduação em Música pela Universidade Federal de Sergipe - UFS (2011), Especialização (Lato Sensu) em Ensino da Arte, Habilitação em Música pela Universidade Federal de Alagoas - UFAL (2012) e Mestrado em Educação Musical pela Universal Federal da Bahia - UFBA (2014), com Bolsa de Estudos da CAPES. Doutor em Música, subárea de Educação Musical pela UFBA, sendo bolsista do Programa PROCAD/Casadinho na UFRGS no ano de 2015. Atua principalmente nos seguintes temas: educação musical, Sociologia da Educação Musical, Interação, Ensino Particular de Música. Atualmente é professor efetivo da Universidade Federal do Cariri - UFCA.
Publicado
2019-06-17
Como Citar
Chagas, A. (2019). Processos Interacionais na Educação Musical: reflexão sobre a aula de instrumento musical. OuvirOUver, 15(1), 44-59. https://doi.org/10.14393/OUV24-v15n1a2019-3
Seção
Dossiê Música, Educação Musical, Formação, Contextos, Ensino, Aprendizagens Mus.