O poder das narrativas na legitimação e valoração da arte contemporânea

  • Bruna Fetter Curadora e pesquisadora independente

Resumo

Este artigo propõe elencar algumas das principais narrativas na legitimação e valoração da arte contemporânea, analisando seus impactos no sistema da arte. Apesar de tais narrativas se manifestarem em diferentes instâncias do sistema - como instituições, colecionadores e mesmo nos artistas -, elas têm no mercado sua principal plataforma. Compreendendo que elas surgem e se solidificam em função de diversos interesses, vemos na opacidade e desregulamentação do próprio mercado de arte o motivo de sua crescente relevância. Assim, apontamos nesse estudo três das mais frequentes narrativas no funcionamento do sistema contemporâneo, sendo elas: 1) a arte como investimento; 2) o empresariamento do artista e 3) a arte global, que seria gerada na chamada era pós-passaporte, ou seja, em um mundo globalizado no qual a origem dos artistas seria cada vez menos relevante. O poder atribuído a essas narrativas está diretamente relacionado aos diferentes contextos institucionais e circuitos comerciais nos quais se inserem. No entanto, elas estão presentes em diferentes graus nas variadas latitudes do mundo da arte.

ABSTRACT

As the title indicates, this article proposes to verify some of the main legitimation and valuation narratives of contemporary art, analyzing their impacts on the art system. Although such narratives appear in different instances of the system - as institutions, collectors and even artists - they have the market as their main platform. Understanding that they arise and solidify according various interests, we see in the opacity and deregulation of the art market a reason for their increasing relevance. Thus, we point out in this study three of the most frequent narratives in the functioning of the contemporary system, being: 1) art as an investment; 2) entrepreneurship of the artist and 3) global art, which is generated in the post-passport era, that is, in a globalized world in which the origin of the artists would be less and less relevant. The power attributed to these narratives is related to different institutional contexts and commercial circuits in which they are inserted. However, they are present, in different degrees, in every latitude of the art world.

KEYWORDS

Art Market, art system, narratives, legitimization, globalization.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruna Fetter, Curadora e pesquisadora independente
Pesquisadora e curadora independente. Doutora em História, Teoria e Crítica de Arte pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da UFRGS, tem se dedicado a investigar questões que envolvem o sistema da arte e os processos de legitimação e constituição de valor na arte contemporânea. Foi contemplada com uma bolsa Fulbright para desenvolver parte de sua pesquisa de Doutorado na New York University.
Publicado
2017-10-31
Como Citar
Fetter, B. (2017). O poder das narrativas na legitimação e valoração da arte contemporânea. OuvirOUver, 13(2), 402-417. https://doi.org/10.14393/OUV21-v13n2a2017-5
Seção
Dossiê: Sistema das Artes Visuais no Brasil