A atualização do cinema sagrado em El Topo de Alejandro Jodorowsky

  • Nils Goran Skare
Palavras-chave: Jodorowsky, sagrado, El Topo, antropologia, Badiou

Resumo

Este artigo faz uma antropologia do cinema tendo como objeto o filme El Topo do diretor chileno Alejandro Jodorowsky e a noção de sagrado. Para operacionalizar o conceito de cinema sagrado, utilizamos o conceito de configuração artística tal qual proposto pelo filósofo Alain Badiou. Detectamos duas mortes do herói na película e levantamos a questão do cinema sagrado envolvendo montagem e angústia. Debatemos a questão, opondo cinema sagrado e cinema profano e concluímos com a atualização do cinema sagrado numa configuração. ABSTRACT This article operates an anthropology of cinema having as its object the movie El Topo from the Chilean director Alejandro Jodorowsky and the notion of the sacred. To operationalize the concept of sacred cinema we use the concept of artistic configuration as proposed by philosopher Alain Badiou. We detect two deaths of the hero in the movie and we raise the question of sacred cinema envolving montage and anxiety. We debate the question, opposing sacred cinema to profane cinema, and we conclude with the actualization of sacred cinema in a configuration. Keywords: Jodorowsky; sacred; El Topo; anthropology; Badiou

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nils Goran Skare
Nils Skare estudou Ciências Sociais e Letras na Universidade Federal do Paraná; é escritor, tradutor e editor, tendo vertido para o português obras como as de E. E. Cummings e Strindberg.
Publicado
2017-10-31
Como Citar
Skare, N. G. (2017). A atualização do cinema sagrado em El Topo de Alejandro Jodorowsky. OuvirOUver, 13(2), 558-569. https://doi.org/10.14393/OUV21-v13n2a2017-15