A utilização do palhaço no ambiente hospitalar

  • André Furtado de Ayalla Rodrigues UFPE
  • Wellington Jorge Nunes Filho
Palavras-chave: Palhaço, hospital, ambiente hospitalar.

Resumo

O palhaço se faz presente na maior parte das culturas da humanidade exercendo os mais diversos papéis; desde participantes de rituais sagrados à conselheiros reais. Atualmente, o palhaço é visto como um ser transgressor de normas e capaz de satirizar as fragilidades humanas deixando-as mais leves. Foi exatamente essa ressignificação que garantiu o sucesso do palhaço dentro do ambiente hospitalar. Em 1986, pela primeira vez o palhaço usou seu dom dentro de um hospital satirizando as rotinas típicas desse ambiente. As consequências da atuação puderam ser observadas ainda durante o espetáculo quando crianças previamente deprimidas participavam ativamente das atividades propostas. Desde então, houve uma rápida progressão na quantidade de grupos - constituídos por voluntários ou artistas - que levam esse tipo de linguagem para dentro do hospital como forma de apoio às crianças internadas, familiares e profissionais de saúde. Apesar da resistência por parte de alguns profissionais de saúde, estudos recentes demonstram a eficácia desse tipo de ação dentro do hospital. ABSTRACT The clown has been part of most of human culture, playing diverse roles, from participant in sacred rituals to royal counselor. Currently, the clown is seen as a transgressor and capable of satirizing the human frailties. It was this reframing that ensured the success of the clown inside the hospital environment. In 1986, for the first time a clown used his ability inside a hospital satirizing the typical routines of that environment. Those actions resulted in consequences that could be observed during the show, when previously depressed children participated actively in the activities proposed. Since then, there has been a rapid progression on the amount of groups - made up of volunteers or artists - which take this kind of language into the hospital as a form of support to the hospitalized children, their family and, also, health professionals. Despite resistance by some health professionals, recent studies have demonstrated the effectiveness of this kind of initiative. KEYWORDS Clown, hospital, hospital zone.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

André Furtado de Ayalla Rodrigues, UFPE
Acadêmico de Medicina do 12º Período da Universidade de Pernambuco, participante do projeto de extensão universitária Palhaçoterapia e formado em técnicas de clown há 5 anos.
Publicado
2014-10-29
Como Citar
Rodrigues, A. F. de A., & Nunes Filho, W. J. (2014). A utilização do palhaço no ambiente hospitalar. OuvirOUver, 9(1), p. 72-81. https://doi.org/10.14393/OUV11-v9n1a2013-6