O lamento do cantador

  • Luciana Barongeno
Palavras-chave: Mário de Andrade. Aboio. Lamento. Criação. Memória.

Resumo

Mário de Andrade tem interesse nos processos que envolvem a criação artística desde sua manifestação primitiva (ou rudimentar) até sua forma erudita. Esse percurso é organizado pelos gestos humanos, que guardam a memória, e é compreendido pela sua repetição, que se manifesta em diferentes níveis. A partir de reflexões sobre as teorias de Herbert Spencer, o musicólogo identifica no aboio do cantador nordestino uma possibilidade de compreender melhor a natureza e o propósito do princípio da criação artística a partir de fontes populares. Esta comunicação tem como objetivo apresentar em que medida, na teoria das tradições móveis de Mário de Andrade, o lamento de Chico Antônio, em Vida do cantador, poderia guardar, em suas estruturas primordiais, a memória responsável pelo processo de criação artística.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciana Barongeno
Mestranda em Musicologia no Curso de Pós-Graduação da Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo. Orientadora: Prof.a Dr.a Flávia Camargo Toni.
Como Citar
Barongeno, L. (1). O lamento do cantador. OuvirOUver, 1(1). Recuperado de http://www.seer.ufu.br/index.php/ouvirouver/article/view/226
Edição
Seção
Comunicações