Diferentes corpos se apresentam: fragmentos da históriado futebol feminino no Brasil

  • Enny Vieira Moraes Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.
  • Maria Odila Leite da Silva Dias Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Resumo

Esse texto é parte integrante das reflexões desenvolvidas em nosso doutoramento, em processo na PUC de São Paulo1, e tem como objetivo trazer alguns elementos e impressões iniciais sobre a história do futebol feminino no Brasil. É importante lembrar que vivemos num país que se desenvolveu, alicerçado fortemente por valores conservadores,consequência do pensamento patriarcal, imbricados em nossa cultura, gerando processos de exclusão a toda forma de ser e viver e que se diferenciam das normas cotidianas, reafirmando constantemente traços de "normalidade" eferentes àquilo que deve ser um homem ou uma mulher. Valores estes que, entre outras coisas, contribuíram para silenciar a história de mulheres que, a partir de seus diferentes corpos construíram e vêm construindo a história do futebol feminino no Brasil. Entretanto, acreditamos que é mesmo diante de toda dinamicidade do cotidiano das vidas de inúmeros sujeitos sociais e, portanto, também desses diferentes corpos que estamos reescrevendo nossa história e auxiliando na transformação desses valores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Enny Vieira Moraes, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.
Enny Vieira Moraes. Professora Assistente do Curso de Educação Física da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, doutoranda no Curso de História Social da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.
Maria Odila Leite da Silva Dias, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Professora Doutora em História Social do Curso de História da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.
Publicado
2010-08-23
Seção
Artigos