Prostituição, migrações sexuais e tráfico de pessoas para fins de exploração sexual

a vulnerabilidade enquanto categoria intrincada

  • Danler Garcia Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

Resumo

O escopo deste trabalho é compreender como a categoria da vulnerabilidade é compreendida por três normativas concernentes ao enfrentamento do tráfico de pessoas, principalmente quando para fins de exploração sexual. A hipótese deste trabalho é a de que a vulnerabilidade muito mais estorva as migrações livres e consentidas daquelas que aspiram trafegar nos mercados transnacionais do sexo do que aufere proteção às mesmas.

PALAVRAS-CHAVE: Mercados Sexuais. Migrações Sexuais. Tráfico Sexual. Vulnerabilidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-09-13
Seção
Dossiê Violência & Gênero