A importância dada aos estudos genealógicos e às biografias familiares na Campanha Eugenista brasileira nas primeiras décadas do século XX

  • William Vaz de Oliveira CAp-UERJ

Resumo

Este artigo tem como objetivo principal analisar a importância dada aos estudos genealógicos, aos estudos sobre pedigree humano, às biografias familiares, às leis da hereditariedade e controle genético das populações, nos discursos e práticas eugenistas desenvolvidos no Brasil nas primeiras décadas do século XX.

PALAVRAS-CHAVE: Eugenia Hereditariedade. Genealogia. População.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

William Vaz de Oliveira, CAp-UERJ

Historiador e Psicólogo. Doutor em História Social pela Universidade Federal Fluminense. Professor Adjunto I de História do Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira (CAp-UERJ).

Publicado
2020-02-29
Seção
Artigos