Interação pai e filha no romance Adua de Igiaba Scego

  • Dionei Mathias UFSM

Resumo

O romance Adua, da escritora italiana Igiaba Scego, discute as experiências de uma mulher negra, imigrante e de origem somaliana na Itália. O romance apresente três segmentos, nos quais o leitor encontra respectivamente a voz da protagonista Adua, a história de seu pai e as experiências de Adua como criança, mediadas pela voz paterna. Este artigo pretende analisar esse terceiro segmento e discutir como a interação entre e pai e filha tem um impacto na forma como a protagonista pode narrar sua identidade e vivenciar seu próprio corpo. As experiências da infância, de certo modo, terão um impacto no modo como ela vai interagir no papel de imigrante, no primeiro segmento do romance.

PALAVRAS-CHAVE: Igiaba Scego. Adua. Identidade. Corpo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Dionei Mathias, UFSM

Professor do Departamento de Letras Estrangeiras Modernas e do. Programa de Pós-graduação em Letras da UFSM, Brasil.

Publicado
2020-02-29
Seção
Artigos