O CORPO FEMININO NA CULTURA SEXISTA: a perspectiva de mulheres ainda obesas e de ex-obesas que se submeteram à cirurgia

  • Rogério José de Almeida Pontifícia Universidade Católica de Goiás - PUC Goiás

Resumo

Resumo

A temática do artigo está relacionada à relação dicotômica que os corpos femininos obesos e magros possuem dentro da cultura sexista. Essa discussão é realizada com o foco central na influência que a normatividade cultural sexista exerce na percepção que as mulheres fazem de seus corpos. Tem-se o objetivo de analisar, a partir da perspectiva das mulheres entrevistadas, a inserção do corpo obeso na cultura sexista, bem como, as redefinições sociais que podem ocorrer quando há o emagrecimento radical por meio da cirurgia bariátrica.

Palavras-chave: Mulheres. Obesidade. Sexismo. Sociologia.

BODY FEM CULTURE SEXIST: the prospect of even obese women and ex-obese who underwent surgery

Abstract

 The theme of this article is related to the dichotomous relationship that obese and lean female bodies have within the sexist culture. This discussion is held with the central focus on the influence that the sexist cultural normativity plays in the perception that women do to their bodies. Aims to examine, from the perspective of the women interviewed, the insertion of the obese body in sexist culture, as well as social resets that can occur when there is a radical weight loss through bariatric surgery.

Keywords: Women. Obesity. Sexism. Sociology.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rogério José de Almeida, Pontifícia Universidade Católica de Goiás - PUC Goiás
Departamento de Medicina e Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais e Saúde
Publicado
2016-10-03
Seção
Artigos