Quente, frio e reimoso: alimentos, corpo humano e pessoas.

  • Klaas Woortmann Universidade de Brasília

Resumo

O artigo analisa percepções de alimentos como"quentesâ€? ou "friosâ€?, comuns a várias partes do Brasil, todaselas derivadas de classificações gregas sistematizadas porHipócrates e também utilizadas por Heródoto. Mais do queclassificações de alimentos, são categorias de alcancecosmológico, visto que Hipócrates, além de médico eratambém geógrafo. "Reimaâ€? é também de derivação grega -rheuma. O artigo focaliza a relação entre a comida e o corpohumano e as práticas alimentares como linguagem que falade categorias sociais, notadamente gênero.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Klaas Woortmann, Universidade de Brasília
Possui graduação em Geografia e História pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1956), mestrado em Sociologia pela Universidade Federal da Bahia (1969) e doutorado em Antropologia Social e Cultural - Harvard University (1975). Foi professor titular no Mestrado em Gestão de Patrimônio da Universidade Católica de Goiás e atualmente é professor titular aposentado do Departamento de Antropologia da Universidade de Brasília. Tem experiência na área de Antropologia, com ênfase em Teoria Antropológica, campesinato, familia e parentesco.
Publicado
2009-06-19
Seção
Artigos