Família, Gênero e Violência doméstica na infância

  • Flávia Moreira Ferreira Universidade Estadual do Ceará - UECE

Resumo

Família, Gênero e Violência doméstica na infância são categorias que se entrelaçam durante muito tempo no contexto sócio-histórico do nosso país. Não obstante o presente trabalho pretende compreender de que forma essas três temáticas encontram-se interligadas. Partindo dessa perspectiva, o seguinte artigo procura dar ênfase à violência praticada no núcleo familiar, levando-nos a refletir sobre as diversas relações que perpassam na vida de adultos (as) e crianças. Nesse contexto, será dado destaque às relações de gênero, enfatizando como essas relações transformam os indivíduos em homens e mulheres. Realizado por meio de pesquisa documental e empírica, o trabalho tem como objetivo analisar as relações de gênero construídas desde a infância de pais, mães e filhos (as), acompanhados pelo Projeto Família Cidadã, com o intuito de perceber quais suas influências na violência doméstica contra crianças. Através de entrevistas realizadas às vítimas e agressores (as), como também, por meio de uma extensa pesquisa bibliográfica, apreendemos que a violência doméstica praticada contra crianças é perpassada por várias relações, dentre elas, o gênero aparece como um dos determinantes que favorecem para a execução desse episódio, bem como, a configuração para que este acontecimento seja recorrente, transcorrendo de geração a geração. Palavras-chave: Família. Gênero. Violência doméstica na infância.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Flávia Moreira Ferreira, Universidade Estadual do Ceará - UECE
Graduada em Serviço social pela Universidade Estadual do Ceará, Pós-Graduanda em Gestão de talentos humanos por competências pela Faculdade Cearense - FAC, tem experiência na área de gestão e na área social.
Publicado
2013-10-22
Seção
Artigos