AMOR: UM CONTO DIVISOR DE ÁGUAS NOS DISCURSOS FEMININOS

  • Suely Leite Universidade Estadual de Londrina

Resumo

Todo texto é objeto de interpretação e de revelação de um discurso e a literatura feminina é um desses lugares em que o discurso feminino se cristaliza. O conto "Amor" de Clarice Lispector configura-se como um texto divisor de águas no discurso feminino presente na ficção literária, pois mostra como o sujeito histórico feminino formula seu discurso, trabalha a linguagem para produzir sentidos e construir sua identidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Suely Leite, Universidade Estadual de Londrina
Profa. Dra. em Letras, professora de Teoria da Literatura e Literatura Brasileira da Universidade Estadual de Londrina, autora de diversos artigos publicados na área de Literatura de autoria feminina
Publicado
2014-09-22
Seção
DOSSIÊ