"TIMIDEZ? MEDO DA VIDA?" O lugar do casamento no romance Em surdina, de Lúcia Miguel Pereira

  • Edwirgens Aparecida Ribeiro Lopes de Almeida

Resumo

No ano de 1933, a crítica literária e historiadora da literatura Lúcia Miguel Pereira investe, nos meandros da ficção, ao publicar dois de seus quatro romances para adultos Maria Luísa e Em Surdina. O objetivo deste texto é mostrar como essa também ficcionista, imprime no ro- mance Em Surdina, traços do tempo ao mesmo tempo em que dialoga intensamente com alguns princípios clássicos, sobretudo o carpe diem e o epicurismo, na composição de suas personagens. Com vistas nessa questão, priorizaremos o exame do comportamento da personagem Cecília a fim de alcançar a satisfação e a realização pessoal através do casamento. Compondo um discurso paradoxal e integran- do o legado de Lúcia Miguel Pereira caracterizado como 'romance intimista ou psicológico', a narrativa Em surdina transita bem entre a conservação dos valores clássicos e da conduta tradicional além de revelar, de modo distinto daquele utilizado nos romances regionalistas, algumas marcas ideológicas dos anos 30 que introduz o país em sua incipiente modernização.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2012-02-22
Seção
Dossiê: Gênero, Cultura e Arte